Sobre Abelhas e Espatódeas – 

“Não sei se o mundo é bom
Mas ele ficou melhor
Quando você chegou
E perguntou:
Tem lugar pra mim?”

Esses versos da canção Espatódea são para a filha de Nando Reis, para quem ele compôs a letra, mas bem poderiam ser para a árvore que dá nome à música.

A Espatódea (Spathodea campanulata) é uma árvore exótica, originária da África, que tem feito muito sucesso no Brasil, sendo plantada em calçadas, quintais e sítios. Isso porque, além de linda, com majestosas flores vermelho-alaranjadas, a planta tem crescimento rápido – sendo uma ótima opção para paisagismo.

As nossas abelhas, porém, não podem dizer que o “mundo ficou melhor” com a chegada da Espatódea. É que o néctar das suas belas flores é tóxico para elas – e para outros insetos (https://goo.gl/vW4ne1). Inclusive, ela está na lista das 100 piores espécies invasoras do mundo, elaborada pelo Grupo de Especialistas em Espécies Invasoras da União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN): http://www.iucngisd.org/gisd/100_worst.php.

Ou seja, a intenção de quem planta a árvore pode ser a melhor possível (assim como a de Nando Reis ao homenageá-la), mas, sem querer, a Espatódea está prejudicando a nossa biodiversidade. Por essa razão, se você pretende plantar uma árvore na sua rua ou quintal, escolha uma espécie que seja nativa do Brasil. Assim você estará fazendo uma bela homenagem às abelhas e ao meio ambiente.
“Não sei se o mundo é bom

Fonte: A.B.E.L.H.A.

Anúncios

Comentários

X
%d blogueiros gostam disto:
preloader