Anúncios

Há anos sabemos sobre a necessidade de atenção especial ao uso sustentável dos recursos hídricos. Hoje o problema da falta d’água já é uma realidade. Muitas soluções estão sendo apresentadas e as organizações sociais têm muito a compartilhar sobre suas experiências e inovações.

Para conversar sobre essa questão, o Centro de Referência em Agroecologia e Tecnologias Sociais convida algumas instituições para apresentar suas tecnologias sociais desenvolvidas para o cuidado sustentável com a água no Distrito Federal.

Estarão presentes nesta conversa o Instituto Permacultural (Ipoema), Projeto Águas da Serrinha do Paranoá, Instituto Sálvia e Centro Internacional de Água e Transdisciplinaridade (CIRAT).

Evento: Soluções Sustentáveis para Enfrentamento da Crise Hídrica

Data: 18/4, terça-feira
Horário: 15h às 17h
Local: Centro de Capacitação e Comercialização dá Agricultura Familiar – CCC/Ceasa-DF

Confira o evento no Facebook:
http://bit.ly/CuidandoDaAgua

O Centro de Referência em Agroecologia e Tecnologias Sociais é uma iniciativa da Secretaria do Trabalho Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos, Secretária de Agricultura, Emater-DF, Ceasa-DF e Governo de Brasília com apoio de organizações sociais, que realizam um trabalho coletivo na perspectiva de integração de ações e políticas para a promoção da agroecologia e das tecnologias sociais no Distrito Federal.

Leia Mais

Água: Um bem comum ameaçado

Herbicida mais vendido no Brasil envenena água potável, envenena população

Soluções Sustentáveis: Aplicativo Água e Tempo monitora água no DF

Você sabia?

A escassez de água é um problema ambiental cujos impactos tendem a ser cada vez mais graves caso o manejo dos recursos hídricos não seja revisto pelos países. A pecuária, que por vezes contamina rios e lençóis freáticos, contribui de maneira decisiva para a escassez de água, uma vez que de acordo com relatório publicado em 2003 pela FAO, para se produzir 1 kg de carne são consumidos cerca de 15.000 litros de água, enquanto são necessários apenas 1.300 litros para se produzir a mesma quantidade de grãos (Fonte – Wikipédia)

Anúncios

Comentários