A imagem do Brasil e a política ambiental

Cuidados com o meio ambiente interferem na economia e nas relações diplomáticas

Nas últimas semanas, as notícias sobre o meio ambiente vêm tomando cada vez mais espaço entre as notícias no Brasil e no mundo. Em grande parte, esse interesse repentino foi causado pelo grande aumento de queimadas no mês de agosto, superando a média dos últimos anos.

A Constituição Federal Brasileira estabelece, no artigo 225, que todos os brasileiros têm direito a um meio ambiente ecologicamente equilibrado, podendo ser usado por todo o povo como um bem essencial para a qualidade de vida. No parágrafo 4, também está estipulado que a Floresta Amazônica será utilizada apenas respeitando as condições que assegurem sua preservação e de seus recursos naturais.

Porém, o interesse mundial na política ambiental brasileira, além de considerar o respeito ao meio ambiente, também engloba questões econômicas.

Meio ambiente e economia

Essencial para a manutenção do regime de chuvas em boa parte da América do Sul, a Amazônia também guarda a mais importante biodiversidade do planeta. Frequentemente, cientistas descobrem novas espécies ainda não catalogadas ou novas funções medicinais na fauna e flora da região amazônica.

A falta de cuidados com esse ecossistema, tão importante para todas as nações, fez com que subissem as suspeitas de sanções econômicas e comerciais à produção brasileira.

Exportações de carne, soja e outras matérias-primas foram ameaçadas à medida em que o governo não pôde comprovar para os principais importadores a responsabilidade ambiental na produção ou criação desses bens.

Além disso, um trabalho que vinha sendo feito nos últimos anos para fortalecer a imagem do Brasil como ponto turístico de cenários paradisíacos também se vê ameaçado com o descaso de autoridades e o enfraquecimento de órgãos reguladores.

SEGUE DEPOIS DO ANÚNCIO

Ou seja, além de abalar as relações diplomáticas por afirmações polêmicas, o governo brasileiro se viu obrigado a assumir uma política ambiental mais próxima das exigências de tratados internacionais, sob o risco de comprometer ainda mais o planejamento econômico para os próximos anos.

A mudança para uma política ambiental mais responsável, ainda que tardia, é urgente para que o Brasil se posicione como uma potência para o mundo.

Block

Assine a revista Xapuri Socioambiental e contribua para nosso projeto de resistência e solidariedade

SEGUE DEPOIS DO ANÚNCIO