fbpx

Amazônia Terra Arrasada

A tragédia da Migração do Norte para o Sudeste, a partir da década de 1960, gerou insuficiência de mão de obra, sendo necessário que nordestinos do Maranhão, Piauí e Ceará pra cá viessem, estabelecendo moradia nas baixadas de Belém e cidades do interior.

Por Marcelo Bahia

Passadas décadas, e após um período de pleno emprego na gestão  Lula-Dilma, a catástrofe  da migração – dessa vez do Norte para o Sul, sobretudo para Santa Catarina – está novamente ocorrendo.

Assistimos tristes e chorosos nossos amigos, sobrinhos, irmãos e filhos se mandarem atrás de emprego e oportunidades, porque  não há vagas na indústria porque não há indústria (isso na maior província mineral do planeta Terra).

Por aqui, o agronegócio está cada vez mais mecanizado e as oportunidades, escassas,  demandam altíssimo grau de qualificação técnica e científica, problema agravado com o baixo investimento e até mesmo o sucateamento das universidades e todo tipo de ataque à ciência e ao saber.

Restam vagas apenas nos órgãos públicos que exigem concursos cada vez mais disputados ou padrinhos cada vez mais influentes. 

Já é comum ver limpando chão de farmácia em Belém estudantes de medicina, e professores recém-formados, sentados nos coletivos, fazendo a função de cobradores de passagens, além de advogados, engenheiros e outros profissionais dirigindo aplicativos o dia e a noite inteira pra sobreviverem.

A cada nova eleição os novos atores políticos tomam o lugar da velhas raposas prometendo o mais do  mesmo: asfalto e assistencialismo. Assim, essa terra rica e arrasada vai ficando deserta de cérebros e juventude, restando os velhacos, raposas e as  saúvas para devorarem tudo o que podem, deixando a nossa terra arrasada.

Até quando?

continua depois da propaganda

Marcelo Bahia – Cientista Político.  Fotos: DW. 

 


Salve! Pra você que chegou até aqui, nossa gratidão! Agradecemos especialmente porque sua parceria fortalece  este nosso veículo de comunicação independente, dedicado a garantir um espaço de Resistência pra quem não tem  vez nem voz neste nosso injusto mundo de diferenças e desigualdades. Você pode apoiar nosso trabalho comprando um produto na nossa Loja Xapuri ou fazendo uma doação de qualquer valor pelo PIX: contato@xapuri.info. Contamos com você! P.S. Segue nosso WhatsApp: 61 9 99611193, caso você queira falar conosco a qualquer hora, em qualquer dia. GRATIDÃO!


Camisetas

Banners II - camisetas

Toda Camiseta da Loja Xapuri é uma declaração de esperança, uma expressão de solidariedade, um compromisso com a resistência.

Banners II - camisetas

Toda Camiseta da Loja Xapuri é uma declaração de esperança, uma expressão de solidariedade, um compromisso com a resistência.

continua depois da propaganda
previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow


Caminhando na Floresta

E-Book Caminhando na Floresta

Um livro imperdível sobre a experiência do autor na convivência com os seringueiros do Vale do Acre nos tempos de Chico Mendes.
COMPRE AQUI

 

 

continua depois da propaganda