Por Felício Pontes Jr.

A preocupação com o desmatamento da Amazônia não deve ser apenas dos povos da floresta. Os mais respeitados estudos sobre mudança climática informam que a Amazônia é decisiva para a fertilidade das terras do Centro-Oeste, Sul e Sudeste do Brasil, além do norte argentino. Tudo por causa da umidade transportada para essas regiões.

O professor Antonio Donato Nobre, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), apresentou no final de 2016 um trabalho em que faz a revisão de mais de 200 estudos sobre o clima e a Amazônia. Denominado O futuro climático da Amazônia, o relatório é um alerta impressionante sobre as consequências da destruição de nossa maior floresta.

Um dos segredos revelados é que no Brasil, ao contrário de outros países, não existem desertos na faixa do Trópico de Capricórnio (Centro-Sul). O motivo para a manutenção de círculos hidrológicos amigáveis nessa região é a Floresta Amazônica.

Basta olhar para o lado, onde o poder regulatório da umidade amazônica não chega por causa da barreira natural dos Andes. Ali está o deserto do Atacama, no Chile. Na mesma faixa ficam as maiores cidades do Brasil: São Paulo e Rio de Janeiro.

No relatório, o ecossistema amazônico é definido como uma bomba biótica, impulsionando umidade pelo céu do país e funcionando como o coração do ciclo hidrológico.  São os chamados “rios aéreos”, que despejam mais água no Centro-Sul do Brasil do que o rio Amazonas despeja no Oceano Atlântico.

Para o cientista, é preciso um esforço urgente para reverter a destruição do ecossistema amazônico.

Felício Pontes Jr. – Procurador da República.Autor livro “Povos da Floresta Esperança”, Repam-Paulinas, 2017.

Salve! Este site é mantido com a venda de nossas camisetas. É também com a venda de camisetas que apoiamos a luta do Comitê Chico Mendes, no Acre, e a do povo indígena Krenak, em Minas Gerais. Ao comprar uma delas, você fortalece um veículo de comunicação independente, você investe na Resistência. Comprando duas, seu frete sai grátis para qualquer lugar do Brasil. Visite nossa Loja Solidária, ou fale conosco via WhatsApp: 61 9 99611193

 

 

 

Leave a Reply

Your email address will not be published.