Cego, o tamanduá-mirim abre os braços como que para pedir socorro ante a tragédia criminosa de quem colocou a sua floresta em chamas…

Indefeso ante a violência do fogo, o tamanduá-mirim, sem ver a luz que queima, abre os braços sabe-se lá pra quem, como que em um desesperado pedido de socorro. A foto do Araquém Alcântara corre mundo, viraliza na internet. A história, contatada pelo próprio Araquém no vídeo abaixo, é de cortar o coração. Uma história, que no dizer do próprio autor, não cabe em um quadro de Instagram.

Oxalá essa visão tão doída e produnda de um tamanduá-mirim cego tentando escapar do fogo possa tocar  muitos, muitos corações e mentes. Oxalá consigamos nos mover em defesa de uma floresta protegida, longe dos olhos gordos de qualquer capitão xauara, para que as gerações futuras não precisem passar pelo desconforto desta dor tão difícil e tão impotente.

S.O.S. Amazônia!

Salve! Este site é mantido com a venda de nossas camisetas. É também com a venda de camisetas que apoiamos a luta do Comitê Chico Mendes, no Acre, e a do povo indígena Krenak, em Minas Gerais. Ao comprar uma delas, você fortalece um veículo de comunicação independente, você investe na Resistência. Comprando duas, seu frete sai grátis para qualquer lugar do Brasil. Visite nossa Loja Solidária, ou fale conosco via WhatsApp: 61 9 9611 6826.

 

 

 

One Response

Comentários

%d blogueiros gostam disto: