Muitas cidades goianas tinham nomes originais e bonitos, antes dos nomes atuais. Vejamos:

Alto Paraíso de Goiás – Veadeiros

Anápolis – Sant’Ana das Antas

Bela Vista de Goiás – Sussuapara

Cachoeira de Goiás – Fumaça/Moitu

Doverlândia – Cachorro Sentado

Formosa – Arraial dos Couros

Goiás (Velho) – Santana de Goiás

Morrinhos –  Nossa Senhora do Carmo dos Morrinhos

Nova Glória –  Pito Aceso

Piracanjuba – Pouso Alto

Pirenópolis – Minas de Nossa Senhora do Rosário Meia Ponte

Rialma – Barranca

Rubiataba – Rabia-Bode

Santa Rita do Novo Destino – Paletó Rasgado

Santo Antônio de Goiás – Santo Antônio/Quiabo Assado

São Miguel do Araguaia (povoado) – Troca-Tapa

Leia Também

Você sabia?

A história de Goiás remonta ao início do século XVIII, com a chegada dos bandeirantes vindos de São Paulo, atraídos pela descoberta de minas de ouro. Bartolomeu Bueno da Silva, o Anhanguera, liderou a primeira bandeira com a intenção de se fixar no território, que saiu de São Paulo em 3 de julho de 1722. A região do Rio Vermelho foi a primeira a ser ocupada, onde fundou-se Vila Boa (mais tarde renomeada para Cidade de Goiás), que serviu como capital do território durante 200 anos. O processo de independência de Goiás se deu gradativamente, impulsionado pela formação de juntas administrativas. O desenvolvimento e povoamento do estado deu-se, de forma mais intensificada, a partir da mudança da capital para Goiânia, na década de 1930, e com a construção de Brasília, em 1960. (Fonte: Wikipédia)

About The Author

Related Posts

Deixe uma resposta