O suicídio de Tenochtitlán

Por Eduardo Galeano

Quem conseguirá sitiar Tenochtitlán?, perguntavam os cânticos. Quem poderá abalar os alicerces do céu?

No ano de 1519, os mensageiros contaram a Montezuma, rei dos astecas, que uns seres estranhos, que cuspiam trovões e tinham peitos de metal, caras peludas e corpos de seis patas, vinham a caminho de Tenhochtilán. 

Quatro dias mais tarde, o monarca deu-lhes as boas-vindas.

Eles tinham chegado pelo mesmo mar por onde tinha se afastado, em tempos longínquos, os deus Quetazalcóatl, e Montezuma achou que Hernan Cortez era o deus que regressava. Ele disse a ele:

_ Chegaste à tua terra.

E entregou-lhe a coroa, e outorgou a ele oferendas de ouro, cisnes de ouro, trigres de ouro, máscaras de ouro, ouro e mais ouro.

Então, sem desembainhar a espada, Cortez o fez prisioneiro em seu próprio palácio.

Montezuma morreu apedrejado pelo povo.

CLIQUE NO ANÚNCIO PARA AJUDAR NOSSO PROJETO:

Eduardo Galeano – Escritor revolucionário, em “Os Filhos dos Dias”, Editora L&PM, 2012. 

Capa: Imagem Wikepedia. 


Block

Salve! Este site é mantido com a venda de nossas camisetas. Você pode apoiar nosso trabalho comprando um produto em nossa loja solidária (lojaxapuri.info) ou fazendo uma doação de qualquer valor via pix ( contato@xapuri.info). Gratidão!


 

CLIQUE NO ANÚNCIO PARA AJUDAR NOSSO PROJETO:
[instagram-feed] [instagram-feed]