fbpx

Lúcio Flávio Pinto

POVO SATERÉ-MAWÉ

Tucandeira: o ritual de iniciação masculina do povo Saterê-Mawé

O ritual da tucandeira, realizado pelo povo indígena Sateré-Mawé, é uma forma de iniciação masculina, de passagem da infância para a vida adulta. Uma prática repassada de geração em geração que, mesmo com a pressão da sociedade moderna, se mantém viva. Por Lúcio Flávio Pinto/Amazonia Real Considerado pelos indígenas como um ato de força, coragem …

Tucandeira: o ritual de iniciação masculina do povo Saterê-Mawé Leia mais »

Terminal Marítimo Ponta da Madeira, Maranhão Pátio de Estocagem (Foto: Agência Vale)

Amazônia: De fora, pra fora

Amazônia: De fora, pra fora Por Lúcio Flávio Pinto “O neocolonialismo de hoje representa o imperialismo no seu estágio final e talvez o mais perigoso. No passado, era possível converter uma nação à qual tivesse sido imposto um regime neocolonial – o Egito é um exemplo do século XIX. Hoje, esse processo não é mais …

Amazônia: De fora, pra fora Leia mais »

O Brasil de Bolzonaro

O Brasil de Bolzonaro Quase três mil militares integram o governo Bolsonaro, que tem 16 meses de vida. Nenhum dos seis governos do regime militar, que se sucederam ao longo de 21 anos, entre 1964 e 1985, incluindo a junta formada pelos chefes das três forças armadas (entre a doença de Costa e Silva e …

O Brasil de Bolzonaro Leia mais »

Sobre Paulo Fonteles e a memória de um parlamento esvaziado

Sobre Paulo Fonteles e a memória de um parlamento esvaziado Por Lúcio Flávio Pinto Em 11 de junho de 1987, o advogado Paulo Fonteles de Lima foi assassinado. O crime teve grande repercussão porque Fonteles fora deputado estadual até três meses antes. Ele foi o primeiro advogado de posseiros numa das mais conturbadas regiões do Brasil, …

Sobre Paulo Fonteles e a memória de um parlamento esvaziado Leia mais »

Os Incendiários

Os Incendiários Por Lúcio Flávio Pinto Um grupo com mais de 70 pessoas combinou por Whatsapp iniciar um ato público. De ameaça? Advertência? Mobilização? Pedido de apoio ao presidente da República? Tudo isso embaralhado, declarado, sugerido ou intuído, mais alguns objetivos inconfessáveis de integrantes desse grupo. Dele participavam fazendeiros, madeireiros, agricultores, grileiros e especuladores. Talvez até …

Os Incendiários Leia mais »

Salobo:10 Brumadinhos

Salobo:10 Brumadinhos Por Lúcio Flávio Pinto O Ibama autorizou na primeira semana de junho a Salobo Metais, subsidiária da Vale, a altear novamente a barragem do Mirim, no sul do Pará. Com essa autorização, a empresa irá aumentar também a produção de concentrado de cobre da sua fábrica em Canaã dos Carajás, a maior do …

Salobo:10 Brumadinhos Leia mais »

Barcarena, Hydro, Mineração, Amazônia: Acidente nunca mais?

Barcarena, Hydro, Mineração, Amazônia: Acidente nunca mais? Por: Lúcio Flávio Pinto | Amazônia Real   A Albras é a oitava maior fábrica de alumínio do mundo e a primeira do continente. É a maior consumidora de energia do país, com o dobro do consumo da segunda colocada. Absorve 1,5% de toda geração de energia do Brasil. Ao …

Barcarena, Hydro, Mineração, Amazônia: Acidente nunca mais? Leia mais »

Depois de uma trégua de dois dias, as chuvas intensas de sábado (4) e domingo (5) na região cortada pela rodovia BR-163 (foto), no município de Trairão, provocaram novo atoleiro no trecho onde o Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (DNIT) mantém homens e máquinas trabalhando na pista, que ficou intrafegável por quase 20 dias. FOTO: MÁCIO FERREIRA / AG. PARÁ DATA: 06.03.2017 TRAIRÃO - PARÁ

A Amazônia e o presidente do Brasil

A Amazônia e Bolsonaro Por: Lúcio Flávio Pinto /Amazônia Real  No dia 14, o então ministro-chefe da secretaria geral da presidência da república, Gustavo Bebianno, chegaria à Amazônia na companhia dos ministros do meio ambiente (Ricardo Salles) e da ministra da mulher, família e direitos humanos (Damares Alves). Eles viriam atestar a prioridade dada à Amazônia pelo …

A Amazônia e o presidente do Brasil Leia mais »

Carajás
Acampamento do MST no entorno da ferrovia Carajás- São Luis (Foto Chaim Waibel)

E quando Carajás acabar?

E quando Carajás acabar? Em 2016 entrou em operação a mina S11D, em Carajás, no Pará, depois de um investimento de 14 bilhões de dólares (quase 60 bilhões de reais pelo câmbio atual), para a extração de minério de ferro da maior jazida de alto teor do planeta, com mais de 4 bilhões de toneladas. …

E quando Carajás acabar? Leia mais »

COM SEU APOIO, NÓS FAZEMOS A XAPURI ACONTECER. DOE AGORA. QUALQUER VALOR, VIA PIX.
IMG_8019
ABRA O APLICATIVO DO SEU BANCO, APONTE PARA O QR CODE E, PRONTO, É SÓ DOAR. GRATIDÃO!