Vespral de Chuva

Vespral de Chuva  Nem folha se move de árvore. Nenhum vento. Nessa hora até anta quer sombrear. Peru derrubou a crista. Ruminam algumas reses, deitadas na aba do mato. Cachorro produziu chão fresco na beira do... Leia mais...

 De Tatu

De Tatu: Folgam muito no cio, os tatus – como os cachorros. E formam acompanhamentos. A fêmea vai na frente, cheirando matinhos, a tatua. Logo fica de joelhos para o amor e chora esverdeado. Por Manoel de Barr... Leia mais...

De Urubu

De Urubu Urubus digerem e descomem em 12 minutos. E largam de ré sobre as folhas o guspe branco deles, na mais jubilosa caiação. Por Manoel de Barros Aqui, no fim das enchentes, urubus andam de a pé. Quase n... Leia mais...

O Quero-Quero

O quero-quero é pássaro barulhento, fofoqueiro, mas é do bem. De acordo com o poeta: É pássaro mais de amar que de trabalhar Por Manoel de Barros Natureza será que preparou o quero-quero para o mister de avis... Leia mais...