Federação das trabalhadoras domésticas repudia fala “preconceituosa e infeliz” de Paulo Guedes

Do Blog do Esmael

A Federação Nacional das Trabalhadoras Domésticas (Fenatrad) divulgou nota de repúdio à declaração classista e preconceituosa do ministro da Economia Paulo Guedes em que comemora o aumento do dólar, pois a moeda a “R$ 1,80 permitia a doméstica ir à Disney”.

“Trata-se de uma declaração extremamente preconceituosa e infeliz. Como um representante do alto escalão do Governo Federal pode emitir uma fala discriminatória contra uma classe tão importante para a sociedade? As domésticas contribuem para a economia mundial. São representantes da classe trabalhadora, e que tem direito de gastar seu dinheiro como desejar”, afirma Luiza Batista, presidenta da Federação.

Ela também frisou que esta situação colocada pelo ministro não condiz com a realidade da categoria. “Com o salário que recebe uma doméstica neste país, elas só podem viajar para Disney acompanhando seus patrões, para tomar conta de seus filhos. Ou seja, a viagem é a trabalho. O salário mal dá para garantir uma cesta básica, nem mesmo financiar um momento de lazer com a sua família”, frisou a dirigente sindical.

De acordo com Luiza Batista, com o aumento do desemprego o trabalho da categoria das domesticas está cada dia mais precarizado. “Muitas perderam seus locais de trabalho, precisando fazer diária para sobreviver”, disse.

 

Salve! Este site é mantido com a venda de nossas camisetas. É também com a venda de camisetas que apoiamos a luta do Comitê Chico Mendes, no Acre, e a do povo indígena Krenak, em Minas Gerais. Ao comprar uma delas, você fortalece um veículo de comunicação independente, você investe na Resistência. Comprando duas, seu frete sai grátis para qualquer lugar do Brasil. Visite nossa Loja Solidária, ou fale conosco via WhatsApp: 61 9 9611 6826.

Leave a Reply

Your email address will not be published.