Por Pedro Tierra

“De onde vem essa mulher que apedrejam, mas não se detém, protegida pelas mãos aflitas do povo que invadiu os espaços de mando?

Reconheço esse rosto e lhes digo: vem do lado esquerdo do peito.

Filha da liberdade e da coragem, preferiu o alarido das ruas ao silêncio dos quartéis. Recortado o rosto e o riso como centelha: metal e flor, madeira e memória.

No continente de esporas de prata e rebenque o sonho dissolve a treva espessa, expõe os cambaus, a brutalidade, o pelourinho, afasta a força que sufoca e silencia séculos de alcova, estupro e tirania e lança luz sobre essa mulher que bate às portas do nosso coração.

Pedro Tierra, no dia Internacional da Mulher, 8 de março de 2020. 

Salve! Este site é mantido com a venda de nossas camisetas. É também com a venda de camisetas que apoiamos a luta do Comitê Chico Mendes, no Acre, e a do povo indígena Krenak, em Minas Gerais. Ao comprar uma delas, você fortalece um veículo de comunicação independente, você investe na Resistência. Comprando duas, seu frete sai grátis para qualquer lugar do Brasil. Visite nossa Loja Solidária, ou fale conosco via WhatsApp: 61 9 9611 6826

One Response

Comentários

%d blogueiros gostam disto: