Samba da utopia, contra a tirania

Se o mundo ficar pesado

Eu vou pedir emprestado

A palavra POESIA

 

Se o mundo emburrecer

Eu vou rezar pra chover

Palavra SABEDORIA

 

Se o mundo andar pra trás

Vou escrever num cartaz

A palavra REBELDIA

 

Se a gente desanimar

Eu vou colher no pomar

A palavra TEIMOSIA

 

Se acontecer afinal

De entrar em nosso quintal

A palavra tirania

 

Pegue o tambor e o ganzá

Vamos pra rua gritar

A palavra UTOPIA

 

Jonathan Silva: voz. Ceumar Coelho – participação encantada: voz. Filpo Ribeiro: viola dinâmica. Lucas Brogiolo: percussão. Marcos Coin: violão. Coro: Karen Menatti, Lilian de Lima, Eva Figueiredo, Cris Raséc, Luciana Rizzo, Dinho Lima Flor, William Guedes, Rodrigo Mercadante e Lucas Vedovoto. Gravado no Juá Estúdio Vídeo: BRUTA FLOR FILMES.

ANOTE: Fim de domingo, calor eco aqui pelas terras do Bem-Querer. Dando uma espiada no Instagram e eis que nossa companheira da floresta, Edal Nazaré, publica esta lindeza do Samba da Utopia para celebrar seu casamento,  no dia 14 de agosto, com seu amor europeu, o Joerg. Desejando muitas felicidades à Edele ao Joerg, aproveitamos para compartilhar a música deles, com você, em versão publicada pelo site Bem Blogado.

Salve! Este site é mantido com a venda de nossas camisetas. É também com a venda de camisetas que apoiamos a luta do Comitê Chico Mendes, no Acre, e a do povo indígena Krenak, em Minas Gerais. Ao comprar uma delas, você fortalece um veículo de comunicação independente, você investe na Resistência. Comprando duas, seu frete sai grátis para qualquer lugar do Brasil. Visite nossa Loja Solidária, ou fale conosco via WhatsApp: 61 9 9611 6826.