Agora mesmo, em Nova Lima, região metropolitana de Belo Horizonte, Minas Gerais, a população está sendo evacuada por risco de rompimento de outra barragem da Vale 

Agora é Nova Lima! Na noite deste sábado, 16 de fevereiro, os principais veículos de comunicação dão notícias de que cerca de 200 moradores de Nova Lima estão senda evacuadas de 49 casas, e sendo transferidas para hotéis da região, porque  a barragem da Mina Mar Azul, com seus 3 milhões de metros cúbicos de rejeito, teve seu risco de rompimento aumentado de 1 para 2. O risco de rompimento é classificado de 1 a 3, sendo que 3 é quando a barragem já se rompeu.
 “Todas as 49 casas que estão na área de risco serão evacuadas e conferidas uma a uma por equipes do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais e a Defesa Civil. Alem das equipes no local, o Corpo de Bomeiros já está com equipes de sobreaviso acionadas e planos de contingência prontos para pronto emprego caso seja necessário. As pessoas que não estão na área do Plano de Emergência não precisam abandonar suas casas”, disse o porta-voz dos Bombeiros, tenente Pedro Aihara.
Segundo o Corpo de Bombeiros, estão sendo evacuadas as pessoas que moram nas áreas próximas à barragem B3/B4 da Mina Mar Azul, que usa a estrutura a montante, mesmo tipo das de Brumadinho e Mariana, e é uma das barragens que a Vale prometeu desativar, depois da tragédia de Brumadinho, que matou mais de 300 pessoas, e que fica apenas 70 km distante do Córrego do Feijão, em Brumadinho. Essa é a terceira evacuação de áreas de barragens da vale por risco de rompimento desde o desastre criminal de Brumadinho em 25 de janeiro.
Em nota, a Vale informou que a sirene foi acionada, como medida preventiva,  porque a barragem atingiu o nível 2 do Plano de Ação de Emergência de Barragens de Mineração – PAEBM.  “A decisão é uma medida preventiva e se dá após a revisão dos dados dos relatórios de análise de empresas especializadas contratadas para assessorar a Vale. Cabe ressaltar que a estrutura está inativa (…) e as pessoas evacuadas estão sendo acolhidas e registradas no centro comunitário, onde receberão informações adicionais. Posteriormente, elas serão acomodadas em hotéis da região (…) a Vale dará toda a assistência e apoio necessários até que a situação seja normalizada.”
Polícia Militar de Minas Gerais
Foto : Omar Freire/Fotos Públicas

Salve! Este site é mantido com a venda de nossas camisetas. É também com a venda de camisetas que apoiamos a luta do Comitê Chico Mendes, no Acre, e a do povo indígena Krenak, em Minas Gerais. Ao comprar uma delas, você fortalece um veículo de comunicação independente, você investe na Resistência. Comprando duas, seu frete sai grátis para qualquer lugar do Brasil. Visite nossa Loja Solidária, ou fale conosco via WhatsApp: 61 9 9611 6826

 

Brumadinho: Imagens mostram rompimento da barragem e extensão da lama

Comentários

%d blogueiros gostam disto: