O que é Enriquecimento Ambiental? 

Todos os dias inúmeros animais silvestres são vítimas das mais diversas ações humanas: atropelamentos, tráficos, queimadas, maus tratos, caça, entre outras. A degradação da natureza contribui imensuravelmente para a devastação e perda de habitats desses animais, que muitas vezes são encaminhados aos jardins zoológicos, instituições que possuem um importante papel na conservação das espécies.

Muitos animais resgatados, após os primeiros cuidados, são encaminhados para centros especializados em reabilitação e soltura e, depois de recuperados, devolvidos para a natureza. Infelizmente, muitos não podem voltar à vida livre, devido ao grau de comprometimento que essas ações podem causar, e são mantidos sob cuidados humanos, por instituições autorizadas para o manejo da fauna silvestre.

A manutenção para animais sob cuidados humanos requer uma série de técnicas e cuidados, para garantir a dignidade e as condições adequadas de vida.

Como a manutenção desses animais ocorre em um ambiente diferente do meio natural, recomenda-se a utilização de Enriquecimento Ambiental, uma prática regularmente utilizada nos bons zoológicos, que tem como objetivo promover a manutenção do bem-estar físico e psicológico desses animais.

Uma Equipe Técnica, composta por biólogos, veterinários e outros profissionais capacitados para o cuidado da fauna, aplica atividades interativas e dinâmicas que estimulam a expressão de comportamentos naturais de cada espécie. Para isto são confeccionados dispositivos – como jogos e brinquedos – que incentivam o desafio mental, o exercício físico, a exploração do ambiente, a localização do alimento, o entretenimento, a brincadeira e a socialização.

O Enriquecimento Ambiental contribui ainda para minimizar comportamentos estereotipados, evitar o estresse, a apatia e a depressão que podem ocorrer em ambientes muito monótonos de cativeiro.

Quais os materiais utilizados? 

O Enriquecimento Ambiental é um exemplo de como podemos melhorar a qualidade de vida dos animais com poucos recursos financeiros e reaproveitamento de materiais.

Os equipamentos, na maioria das vezes, são produzidos com materiais reutilizados e recursos biológicos, tais como: troncos de árvores, cipós, folhas de palmeira, penas, caixa de papelão, garrafas pet, entre outros.

São utilizados também alimentos da dieta do animal, que muitas vezes são apresentados de formas diferentes, para estimular o forrageamento e o desafio para obtenção de alimento, como ocorre na natureza.

Tudo é monitorado para que o Enriquecimento Ambiental seja aplicado de maneira segura, é importante também possuir um conhecimento prévio do comportamento da espécie e do individuo, garantindo assim uma melhora significativa na qualidade de vida, priorizando sempre a integridade e saúde dos animais sob cuidados humanos.

ANOTE AÍ:

Segue algumas fotos, feitas pelo autor da matéria, ilustrando o processo de enriquecimento ambiental em zoológicos:

enriquecimento ambiental enriquecimento ambiental enriquecimento ambiental

About The Author

Cezar Santos

Biólogo. Trabalha no Zoo Municipal de Mogi Mirim.

Related Posts

Deixe uma resposta