Por Eduardo Henrique/Viva Caatinga

O umbuzeiro (Spondias tuberosa), também conhecido popularmente como imbuzeiro, é uma frutífera nativa do semiárido brasileiro. Seu nome deriva do tupi-guarani “y-mb-u”, que significa “árvore que dá de beber”, devido à capacidade de armazenar grande quantidade de água nas raízes, garantindo sua sobrevivência no período seco. Tendo em vista este exemplo de adaptação da flora da caatinga à falta de água e sua importância para os sertanejos, Euclides da Cunha, em “Os Sertões”, o denominou a “árvore sagrada do sertão”.

Umbuzeiro flores Eduardo Henrique

No início do ano, época das chuvas na Caatinga, a safra é abundante. Rico em minerais e vitamina C, o umbu serve como alimento para ampla diversidade de aves, animais domésticos, caprinos, ovinos, e para o sertanejo. Além do consumo in natura, são produzidos doces, geleias, sorvetes, bebidas e sucos muito apreciados no Brasil. A utilização de espécies frutíferas nativas do semiárido para utilização agroindustrial por agricultores familiares constitui uma das formas de incentivar a preservação da caatinga e garantir renda para o sustento familiar.

Umbuzeiro mao com frutos Eduardo Henrique

Como exemplo, a Cooperativa de Curaçá, Uauá e Canudos – Coopercuc, iniciada com poucas agricultoras, atualmente conta com mais de cento e quarenta cooperados, produzindo e exportando produtos orgânicos do umbuzeiro, explorado de forma sustentável.

Umbuzeiro arvore verde Eduardo HenriqueTexto e Fotos desta matéria: Eduardo Henrique/Viva Caatinga.

Salve! Este site é mantido com a venda de nossas camisetas. É também com a venda de camisetas que apoiamos a luta do Comitê Chico Mendes, no Acre, e a do povo indígena Krenak, em Minas Gerais. Ao comprar uma delas, você fortalece um veículo de comunicação independente, você investe na Resistência. Comprando duas, seu frete sai grátis para qualquer lugar do Brasil. Visite nossa Loja Solidária, ou fale conosco via WhatsApp: 61 9 9961 1193

 

Anúncios

One Response

Comentários