Encontrados corais submersos na foz do Rio Amazonas

Uma equipe de cientistas liderada pelo brasileiro Rodrigo Moura, da Universidade Federal do Rio de Janeiro, publicou na revista Science Advances (04/20016) artigo sobre a descoberta, na foz do rio Amazonas, de um recife de coral com 965 km de extensão. Os pesquisadores intensificaram as pesquisas porque já desconfiavam da existência de recifes de coral na regiao por conta da presença de peixes típicos das regiões de coral.

Mesmo assim, a descoberta causou surpresa porque para a Ciência as condições da região são impróprias para a formação de corais, uma vez que a pluma do rio faz com que uma grande área do norte do Oceano Atlântico seja afetada em termos de salinidade, pH, penetração de luz e sedimentação, criando um hiato nos recifes do Atlântico.

Além do tamanho, a formação surpreende também por estar em uma área de baixa luminosidade e de pouca oxigenação, condições ambientais que dificultam a proliferação de organismos vivos.

O recife fica submerso entre 30 e 120 metros de profundidade e vai da Guiana Francesa até o Maranhão, na área em que o rio deságua no Atlântico, onde se dá a mistura da água doce do Amazonas com a água salgada do Atlântico.

About The Author

Eduardo Pereira

Produtor Cultural

Related Posts

Deixe uma resposta