Em brevíssimas linhas o desgoverno Bolsonaro diz a que veio: promover a guerra e acabar com a Amazônia

Em cerimônia no Itamaraty mais cedo, Jair Bolsonaro também disse a diplomatas:

“Quando os senhores falham, entramos nós, das Forças Armadas. E, confesso, que torcemos, e muito, para não entrarmos em campo.”

A jornalistas, o presidente acrescentou que os diplomatas são responsáveis por evitar a guerra. Quando perguntado se falava da situação na Venezuela, ele afirmou que não.

“Eles que nos evitam entrar em guerra. Muito simples. Quando acaba a saliva, entra a pólvora. Não queremos isso. Temos que tentar a solução dos conflitos de forma pacífica, é isso. Se não tiver como, em um hipotético conflito, resolver na diplomacia, aí cada país decide se vai pelas últimas consequências ou não.”

Salve! Este site é mantido com a venda de nossos produtos. É, também, com um percentual dessas vendas, que apoiamos a luta do Comitê Chico Mendes, no Acre, do povo Krenak, em Minas Gerais, do Museu Kalunga Iaiá Procópia, em Goiás e do povo Xavante, no Mato Grosso. Ao comprar em nossa Loja Xapuri, você fortalece um veículo de comunicação independente, você investe na Resistência. Contamos com você! WhatsApp: 61 9 99611193.

Comentários

%d blogueiros gostam disto: