Publicado originalmente no perfil de Facebook do autor

EX-PRESIDENTE EM EXERCÍCIO

Publicado por Gilberto Maringoni

JAIR BOLSONARO FOI ENQUADRADO ontem (6) ao final do dia – tudo indica – por pressões de uma frente composta por setores militares, presidentes da Câmara e do Senado e membros do STF.

Trata-se de uma derrota pesada para o Boçal. Não consegue sequer demitir seu ministro da Saúde (do mesmo partido de Maia e Alcolumbre). Sua autoridade se dissolve como Sonrisal em copo d’água.

A POPULARIDADE DE MANDETTA, captada pelo DataFolha, deve entrar na conta, assim como o longo documento do Centro de Estudos Estratégicos do Exército, divulgado pela manhã. O arrazoado recomenda isolamento sanitário, como recomenda a OMS, ao contrário do preconizado pelo miliciano.

No início da tarde, João Dória acionou sua artilharia verbal, em coletiva de imprensa. Após citar diversas personalidades mundiais favoráveis à quarentena – incluindo o Papa -, o tucano disparou: “Será que um único presidente da República no mundo é o certo?”

A convocação presidencial para o jejum nacional no Domingo de Ramos resultou em fiasco. Sem poder reunir grandes concentrações de fiéis, os bispos-picaretas gastaram saliva à toa e não puderam exibir cenas de teatralidade canastrã em seus canais de TV.

BOLSONARO SEGUIRÁ AÇULANDO sua manada – talvez até com mais raiva -, mas com eco cada vez menor. O Jornal Nacional desde a semana passada o ignora. Quer afogá-lo num tsunami de silêncio, sem esquecer de acusá-lo cotidianamente como responsável último pelo fato da ajuda de R$ 600 não chegar às mãos dos pobres.

Não há golpe branco, como diversos sites especularam mundo afora. Há uma focinheira sendo ajustada à força nas mandíbulas de um hidrófobo. Bolsonaro é hoje um trapo político, algo pior que um pato manco.

Temos literalmente um ex-presidente em exercício.

Fonte: DCM

 

Salve! Este site é mantido com a venda de nossas camisetas. É também com a venda de camisetas que apoiamos a luta do Comitê Chico Mendes, no Acre, e a do povo indígena Krenak, em Minas Gerais. Ao comprar uma delas, você fortalece um veículo de comunicação independente, você investe na Resistência. Comprando duas, seu frete sai grátis para qualquer lugar do Brasil. Visite nossa Loja Solidária, ou fale conosco via WhatsApp: 61 9 9611 6826.

 

Comentários

%d blogueiros gostam disto: