Presidente do Chile condena ataque a Bachelet. ‘Bolsonaro não cansa de envergonhar o Brasil’, diz Lula

Da Rede Brasil Atual:

Em mensagem no Twitter, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva prestou nesta quarta-feira (4) solidariedade à alta comissária da Organização das Nações Unidas (ONU) para os Direitos Humanos, Michelle Bachelet. A ex-presidenta do Chile foi vítima de um pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro.

“Bolsonaro não cansa de vomitar ignorância e envergonhar o Brasil perante o mundo. Minha solidariedade à presidenta Michelle Bachelet e ao povo chileno, que hoje tiveram a memória de seus mortos e desaparecidos violentadas por este senhor”, defendeu Lula.

Depois que Bachelet declarou à imprensa, em Genebra, que houve redução dos espaços democráticos no país, por conta da violência policial e das ameaças e ataques aos defensores dos Direitos Humanos, Bolsonaro disparou contra a líder chilena, ao sair do Palácio do Planalto.

Segundo ele, Bachelet “se esquece que seu país só não é uma Cuba graças aos que tiveram a coragem de dar um basta à esquerda em 1973, entre esses comunistas o seu pai, brigadeiro à época”. Alberto Bachelet morreu sob tortura de ex-colegas de farda em 1974, aos 51 anos.

Bolsonaro disse ainda que Bachelet defende “direitos de vagabundos”, e que “quando a gente não tem o que fazer, vai lá para a cadeira de Direitos Humanos da ONU”.

A fala do presidente brasileiro repercutiu mal inclusive perante o presidente do Chile, Sebastián Piñera, que é de perfil conservador e aliado de Bolsonaro. “Não compartilho da alusão feita pelo presidente Bolsonaro com respeito a uma ex-presidente do Chile (Bachelet) e, principalmente, a um assunto tão doloroso quanto a morte de seu pai”, disse Piñera.

O jornalista chileno Mario Dujisin, que foi chefe do Departamento Internacional e Imprensa Estrangeira do Chile até o golpe de Estado de 1973, classificou Bolsonaro como falso e ignorante sobre quem era Salvador Allende ao dizer que o golpe de Pinochet “salvou o Chile de uma ditadura cubana”.

“Mas é claro, isso seria pedir demais à pobre cabecinha do capitão-presidente. Suas especializações são mentiras e insultos, especialmente dirigidos a mulheres, como a senhora Macron ou a senhora Bachelet. Esse maravilhoso Brasil merece algo muito melhor”, afirmou Dujisi à Folha de S.Paulo.

Nota da Redação Xapuri: Nós não usamos o nome do presidente em nossas capas. Nesta matéria, utilizamos a palavra usda pelo povo Yanomami, “xauara”, que segundo o grande líder Davi Kopenawa quer dizer: o que tem um pensamento adoecido.

Salve! Este site é mantido com a venda de nossas camisetas. É também com a venda de camisetas que apoiamos a luta do Comitê Chico Mendes, no Acre, e a do povo indígena Krenak, em Minas Gerais. Ao comprar uma delas, você fortalece um veículo de comunicação independente, você investe na Resistência. Comprando duas, seu frete sai grátis para qualquer lugar do Brasil. Visite nossa Loja Solidária, ou fale conosco via WhatsApp: 61 9 9611 6826.

Comentários

%d blogueiros gostam disto: