Parece um amontoado de idiotices, mas a estratégia é mais complexa.

Meus amigos, vamos pensar juntos. Veja-se o resumo de uma única semana no governo Bolsonaro: ministro da educação afirma que as universidades federais têm plantação de maconha; o presidente do país acusa um ator americano de atear fogo na Amazônia; o presidente da Funarte diz que os Beatles surgiram para destruir a família burguesa e implantar o comunismo no mundo; o presidente da Biblioteca Nacional afirma que o analfabetismo no país existe porque os livros didáticos adotam Caetano Veloso como modelo de poesia.

Parece um amontoado de idiotices. E é, mas a estratégia é mais complexa. Já perceberam que todos os homens de Bolsonaro fazem a mesma coisa? Esses caras têm uma tática que precisa ser manjada: lutar contra inimigos invisíveis, fabricar problemas que não existem, discutir questões totalmente fora de pauta, enfim, jogar, toda semana, uma avalanche de desinformação, notícias falsas, problemas irrisórios, e sobretudo, uma cortina de fumaça com ideias bizarras e revoltantes que provocam novos debates e reações em cadeia, com milhares de posts e memes. Pra quê? Pra nada, para gerar discussões inúteis. Estão fazendo isso desde a campanha. E vão fazer durante o governo inteiro.

Tudo para esconder uma verdade: não têm projeto nenhum pra nada, mas julgam estar colocando ordem no país e salvando a pátria do comunismo. Falácia! Tudo isso pra não discutir os problemas mais importantes hoje: geração de emprego, soluções para a saúde, o meio-ambiente e a educação, preços, câmbio, aquecimento da economia. Mas projeto pra isso eles não têm.

Portanto, é mais fácil falar do que definitivamente não tem a menor importância. Mantém a esquerda e os intelectuais ocupados em dar respostas a problemas que não existem. E o país inteiro está caindo no jogo, que nem um patinho. É preciso denunciar os graves problemas econômicos e sociais em vez de ficar respondendo a problemas invisíveis! Em vez de replicar o absurdo que não tem a menor importância, é preciso replicar e evidenciar o que é de fato importante: que o governo Bolsonaro não tem projeto pra absolutamente nada, senão desmontar a força do estado e sucateá-lo para a privatização neoliberal.

Repasse este texto. Talvez seja atitude mais importante do que sair jogando lança em gigantes que só existem na cabeça de quem não vê moinhos de verdade.

Autor desconhecido

Fonte: Facebook da Ana Maria Rumbelsperger

Salve! Este site é mantido com a venda de nossas camisetas. É também com a venda de camisetas que apoiamos a luta do Comitê Chico Mendes, no Acre, e a do povo indígena Krenak, em Minas Gerais. Ao comprar uma delas, você fortalece um veículo de comunicação independente, você investe na Resistência. Comprando duas, seu frete sai grátis para qualquer lugar do Brasil. Visite nossa Loja Solidária, ou fale conosco via WhatsApp: 61 9 9611 6826.

Comentários

%d blogueiros gostam disto: