Em 3 de junho de 2016 a TV Bancários celebrou seu aniversário no ar.

Veiculada pela TV Comunitária (Canal 12 da NET) e redistribuída via Internet pelas plataformas digitais do Sindicato dos Bancários de Brasília, a TV combtc1pletou seu primeiro ciclo de vida com uma programação robusta, respeitada pela comunidade dos bancários e por toda a sociedade brasiliense.

Espaço criado para divulgar o trabalho do Sindicato em defesa dos bancários, o programa inovou para, desde sua primeira edição, veiculada em 5 de junho, tratar também de temas mais densos, como o Relatório Simplificado da Comissão da Verdade, produzido pelo Sindicato sobre o impacto da ditadura civil-militar na vida de militantes bancários e suas famílias.

“É nosso dever dar transparência ao que ocorreu com as bancárias e bancários durante o golpe de 1964, para que as perseguições, as torturas e as mortes não venham a ocorrer entras os trabalhadores das gerações presentes e futuras”, diz Eduardo Araújo, presidente do Sindicato, sobre a imbtc2portância da divulgação do Relatório durante o primeiro programa.

Desde então, nas 46 edições seguintes, o programa continuou acompanhando a pauta social nacional e colocou no ar discussões relevantes para a categoria e para o povo de Brasília como o assédio sexual, a precarização das relações de trabalho, a reestruturação entre bancos públicos e privados, a segurança bancária.

Semanal, o programa conta com os quadros ‘Além de bancário, eu sou.…’, ‘Dias de Luta’, ‘Estamos de olho’, ‘Pelas ruas’, ‘Profissão Bancário’ e ‘Saúde é o que interessa’. O TV Bancários é produzido pelo jornalista Rodrigo Couto.

“Já entrevistamos Rodrigo Britto, presidente da CUT Brasília; Lucélia Aguiar, presidenta da Comissão da Verdade sobre a Escravidão Negra no DF e Entorno; Beto Almeida, integrante do Conselho Editorial do jornal Brasil Popular, e muito mais gente importante para a nossa luta”, diz Rafael Zanon, secretário de Imprensa do Sindicato.

About The Author

Xapuri

Related Posts

Deixe uma resposta