Ipês de Brasília: espetáculo da natureza!

Brasília, sua linda, seus ipês floridos estão de novo divinos e maravilhosos.

O amigo Eric Stoner postou no Facebook fotos deste seu pé de ipê, clicado por Christopher Stoner na Escola-Classe da 210/211 Norte. Imagina que este é só um dos 150 mil espetáculos da natureza que as suas frondosas árvores de ipê roxo, rosa, amarelo e branco vão nos oferecer daqui pra setembro, em prenúncio da primavera.

Alguém já disse que os ipês florescem para acalmar nossos olhos. Pois pra mim os ipês florescem pra renovar nossas energias. Justo quando bate o frio e o Cerrado sente o baque da seca, despudorados, os ipês se despem das folhas e se engravidam de flores exuberantes, vivas, estonteantes. Pronto: tá feita a festa, mesmo pra alma mais cansada!

Ipês no chão da 210 norte - foto Eric Stoner

ANOTE AÍ:

Os ipês são parecidos, mas não são iguais. Cada qual floresce a seu tempo, vindo primeiro o roxo e o rosa (junho a setembro), depois o amarelo (julho a setembro) e por fim o branco, que é o mais raro e o mais sensível – floresce de agosto a outubro, mas apenas por dois a três dias, esse entojado! O verde, em Brasília, eu não nunca vi com flor, mas dizem que flora de dezembro a março.

Embora a grande maioria dos ipês de Brasília sejam do mesmo gênero, além da das diferentes épocas de floração, cada Tabebuia tem suas próprias características. Segundo o Blog da Frau:

Ipê-branco – Tabebuia-roseo-alba – árvore com altura entre 7 a 16 metros de altura, diâmetro do tronco varia entre 40-50 centímetros. As floradas duram 2 ou 3 dias e pode ser usado na arborização das calçadas.

Ipê-roxo-de-bola – Tabebuia impetiginosa – – árvore com altura de 8 a 12 metros, tronco com diâmetro de 60 a 90 centímetros. Deve ser plantado distante do calçamento e construções.

Ipê-amarelo – Tabebuia serratifolia – – árvore atinge de 5 a 25m de altura, com tronco de 20 a 90 cm de diâmetro. A árvore não deve ser plantada próximo a residências ou em calçadas públicas, pois suas raízes podem danificar o calçamento ou a rede de esgoto.

Ipê 210 norte foto Christopher Stoner

Deixe uma resposta