Fábula, arte-carnaval Armorial fantasia Alma em teletransporte Carnaval é poesia

CARNAVAL 

Cordões pelas avenidas
Balanço que dá vertigem
A multidão se sacode
Manda embora a fuligem
Touro, Câncer e Aquário
Áries, Leão, Libra e Virgem

Serpentinas e confetes
Pierrô-arlequim-colombina
Samba, choro e marchinhas
Frevo, transmistura fina
Escolas de Samba, blocos
O Carnaval nos ilumina

Carnaval é puro mel
O samba é imperador
O samba fez escola
O Carnaval é sedutor
Trio elétrico na folia
Rio, Brasília e Salvador

Fábula, arte-carnaval
Armorial fantasia
Maxixe-axé-lundu
Máscara e alegoria
O povo em diversão
Em noites de aleivosia

Cultura carnavalesca
Axé, samba e calor
No carnaval da vida
Para superar a dor
Todo mundo na folia
Ritmos de paz e amor

Cultura carnavalesca
Transcende o regional
Xaxado-maracatu
Xote frevo sem igual
Forró-baião literal
Esquenta no Carnaval

Tem Carnaval no Cerrado
Asa Norte e Cruzeiro
Ceilândia e Taguatinga
Samba, ritmo de pandeiro
Brasília que freva e ferve
Com o coração pioneiro

Bailes em todo o Brasil
Centro, Sul, Sudeste, Norte
O Nordeste pega fogo
Alma em teletransporte
Carnaval é poesia
A vida ilude a morte

Foto: Carnaval do Rio de Janeiro

ANOTE AÍ:

ANOTE AÍ:

Gustavo Dourado é um dos maiores poetas-cordelistas do Brasil. Sua excelente e extensa produção literária pode ser encontrada em www.gustavodourado.com.br/cordel.htm.  Gustavo é também presidente da Academia de Letras de Taguatinga.

gustavo_dourado-dzai-com-brFoto: dzai.com.br

 

About The Author

Gustavo Dourado

Related Posts

Deixe uma resposta