Versos e críticas de rebeldia nos sambas-enredo do Carnaval de 2020

Mantendo a tradição, em 2020 as escolas de samba do Rio de Janeiro colocam na Avenida o sentimento do povo em versos de crítica e rebeldia

GRANDE RIO
“Tatalondirá – O Canto do Caboclo no Quilombo de Caxias”
(…)
Pelo amor de Deus, pelo amor que há na fé
Eu respeito seu amém
Você respeita meu axé
(…)
Autores: Derê, Robson Moratelli, Rafael Ribeiro e Toni Vietnã

MANGUEIRA
: “A Verdade Vos Fará Livre”
(…)
[Favela], favela, pega a visão
Não tem futuro sem partilha
Nem messias de arma na mão
(…)
Autores: Manu da Cuíca e Luiz Carlos Máximo

PORTELA
: “Guajupiá, Terra Sem Males”
(…)
Índio pede paz, mas é de guerra
Nossa aldeia é sem partido ou facção
Não tem bispo, nem se curva a capitão
(…)
Autores: Valtinho Botafogo, Rogério Lobo, José Carlos, Zé Miranda, Beto

SÃO CLEMENTE
“O conto do vigário”
(…)
Tem laranja!
Na minha mão, uma é três e três é dez
Hoje, o vigário de gravata
Abençoa a mamata
(…)
Autores: Marcelo Adnet, André Carvalho, Pedro Machado, Gustavo
Albuquerque, Gabriel Machado, Camilo Jorge, Luiz Carlos França e
Raphael Candeia

Fonte: Revista Xapuri

 

Salve! Este site é mantido com a venda de nossas camisetas. É também com a venda de camisetas que apoiamos a luta do Comitê Chico Mendes, no Acre, e a do povo indígena Krenak, em Minas Gerais. Ao comprar uma delas, você fortalece um veículo de comunicação independente, você investe na Resistência. Comprando duas, seu frete sai grátis para qualquer lugar do Brasil. Visite nossa Loja Solidária, ou fale conosco via WhatsApp: 61 9 9611 6826.

Leave a Reply

Your email address will not be published.