Cultura

Numa manhã de estio

numa manhã de estio o vento soletra versos nas últimas notas do cantar dos passarinhose se misturam como tintas a base d'água nas mãos dos pequeninos.(que insano seria eu não agradecer o riso e a lá...

Eu sou uma mulher …

Eu sou uma mulher de luz Eu sou uma mulher da Lua Eu sou uma mulher estrela do amanhã Eu sou uma mulher da madrugada Eu sou o Espírito mulher Eu sou uma mulher a serviço a que olha o interior das coisas Eu sou...

Sabedoria

 Desde que tudo me cansa, Comecei eu a viver. Comecei a viver sem esperança... E venha a morte quando Deus quiser.Dantes, ou muito ou pouco, Sempre esperara: Às vezes, tanto, que o meu sonho louco Voav...

Do ouro incansável

Cecília MeirellesPor ódio, cobiça, inveja, vai sendo o inferno traçado. Os reis querem seus tributos, – mas não se encontram vassalos. Mil bateias vão rodando, mil bateias sem cansaço. Mil galerias desabam; m...

Comemorar qual Independência?

Um país doenteRafael ClodomiroA atual crise política do Brasil é impactante não somente na economia do país, mas também na confiança e na esperança de nós brasileiros.É corrupção para todos os lados. E a ...

A Verdadeira Liberdade

Álvaro de Campos, in "Poemas (Inéditos)" Heterônimo de Fernando PessoaA liberdade, sim, a liberdade! A verdadeira liberdade! Pensar sem desejos nem convicções. Ser dono de si mesmo sem influência de romances!...

Poema do Silêncio

Sim, foi por mim que gritei. Declamei, Atirei frases em volta. Cego de angústia e de revolta.Foi em meu nome que fiz, A carvão, a sangue, a giz, Sátiras e epigramas nas paredes Que não vi serem necessárias e ...

Van Gogh fala do amor necessário

Por Leonardo BoffVivemos atualmente tempos sombrios de muito ódio, ausência de refinamento e especialmente falta de amor.A história não é retilínea nem a própria evolução do universo. Passa-se da ordem (cos...