Devo meus compromissos com a causa ambiental aos povos da floresta e a Chico Mendes –
Por: Jorge Viana, companheiro de Chico Mendes

Há exatos trinta anos, passamos um dezembro terrível no início da noite daquele dia 22. Chico Mendes era assasinado em Xapuri. Vivi todo aquele drama de sofrimento e dor. A notícia ganhou o mundo e o Acre e o Brasil tiveram que se render ao seu ideário.

Chico virou nome de lei, instituições, avenidas, parques, museus, virou referência do nosso Governo da Floresta e da florestania, virou herói do Brasil. Era um visionário, foi morto por conta das ideias que defendia.

Mudamos de século, mudamos de milênio, mas os desafios da luta socioambiental seguem esperando por nós. Devo meus compromissos com a causa ambiental e aos povos da floresta ao Chico.

ANOTE: Nota publicada pelo Senador Jorge Viana Jorge Viana em sua página no Facebook, em 22 de dezembro de 2018, nos 30 anos do assassinato de Chico Mendes. Jorge Viana participou do Encontro Chico Mendes 30 Anos, em Xapuri,  de 15 a 17 de dezembro, que firmou compromissos com os próximos 30 anos de defesa do legado de Chico Mendes, consolidados  na Carta de Xapuri, lida pela atriz e companheira de luta Lucélia Santos.

Anúncios

Comentários

X
%d blogueiros gostam disto:
preloader