Quem atirou em Chico Mendes errou o alvo, perdeu o tiro

Por: Gomercindo Rodrigues

Nesta data, 22 de dezembro, há trinta anos, um disparo covarde, de uma tocaia, era disparado contra Chico Mendes, patrocinado por aqueles que não tinham condições de discutir suas ideias.

Passado todo esse tempo, o recente encontro para discutir seu legado, com centenas de participantes, em Xapuri, deixou definitivamente provado que quem atirou errou o alvo, perdeu o tiro. Quem pensa que o matou, tornou-o IMORTAL!

#ChicoMendesVive!

ANOTE:

Gomercindo Rodrigues, advogado, amigo e companheiro de Chico Mendes, uma das últimas pessoas a vê-lo com vida, participou do Encontro Chico Mendes 30 Anos, realizado pelo Conselho Nacional das Populações Extrativistas – CNS, em Xapuri, Acre, nos dias 15, 16 e 17 de dezembro de 2018, é um dos autores da Carta de Xapuri, construção coletiva das mais de 500 pessoas que participaram do Encontro.

A seguir, a Carta de Xapuri, lida pela atriz Lucélia Santos no encerramento do Encontro Chico Mendes 30 Anos.

 

https://www.facebook.com/chicomendes30anos/videos/316194489235107/?t=0

Leave a Reply

Your email address will not be published.