Chico Mendes, meu muito obrigado!

Por: João Rezende

Vou erguer a bandeira da paz

Nesses versos que a alma revela

Quero ver a poesia da vida

E o amor refletidos na tela

Semear quantas flores puder

Abolindo os espinhos do mal

Quero ser portador da esperança

Dar exemplos por meu ideal

Fazer versos de luz e verdade

Ir além deste corpo animal

Em defesa do meio ambiente

(…)

Constrangidos com a banalidade

Publicada em todos os jornais

O extermínio de um ecologista

Empecilho de alguns anormais

Este tema por mim escolhido

É tributo ao bravo soldado

Grande mártir da ecologia

Chico Mendes, meu muito obrigado!

Grande mártir da ecologia

Chico Mendes, meu muito obrigado!

 

Em destaque o vermelho se expande

Pelo verde da nossa bandeira

No sinistro final desta era

Que confisca a paz brasileira

Que as abelhas da publicidade

Permaneçam sempre sem em evidência

Pra que a morte do ecologista

Não se afaste de nossa consciência

A razão está fora de uso

A justiça que o mundo recusa

Permanece no esquecimento

A consciência já nem mais acusa

Este tema por mim escolhido

É tributo ao bravo soldado

Grande mártir da ecologia

Chico Mendes, Meu muito obrigado!

Grande mártir da ecologia

Chico Mendes, Meu muito obrigado!

Salve! Este site é mantido com a venda de nossas camisetas. É também com a venda de camisetas que apoiamos a luta do Comitê Chico Mendes, no Acre, e a do povo indígena Krenak, em Minas Gerais. Ao comprar uma delas, você fortalece um veículo de comunicação independente, você investe na Resistência. Comprando duas, seu frete sai grátis para qualquer lugar do Brasil. Visite nossa Loja Solidária, ou fale conosco via WhatsApp: 61 9 9611 6826.

Comentários

%d blogueiros gostam disto: