Sindicato usa sua estrutura para receber doações para Petrópolis

Temporal causou enchentes e deslizamentos que destruíram grande parte da cidade serrana…

Por Olyntho Contente/via Imprensa SeebRio

As doações para a “Campanha SOS – Chuvas Região Serrana”, em conjunto com a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e a Caixa de Assistência dos Advogados do Rio de Janeiro (Caarj) podem ser levadas também para a Sede do Sindicato, na Avenida Presidente Vargas, 502, 21 º andar (auditório) e para a Sede Campestre (Rua Mirataia, 121, Pechincha, Jacarepaguá). Os itens podem, ainda, ser encaminhados diretamente para a OAB e Caaarj, que ficam na Avenida Marechal Câmara, 210, Centro.

Os principais itens de emergência são colchonetes, água mineral, alimentos não perecíveis, produtos de higiene pessoal, roupas de cama, roupas infantis e de adultos, máscaras, álcool gel e produtos de limpeza. A diretoria do Sindicato orienta as bancárias e bancários a participar da campanha recolhendo doações nos locais de trabalho.

Agências e prédios com dificuldade de transporte dos itens até o Sindicato, devem entrar em contato para que diretores e funcionários da entidade possam buscá-los. Os telefones à disposição da categoria para este fim são: 2103-4165, 2103-4170, 2103-4118 e 21034123.

Campanha em Petrópolis

O Sindicato dos Bancários de Petrópolis também participa da campanha e abriu uma conta para receber doações em dinheiro. O nome completo da entidade é Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários e no Ramo Financeiro dos Municípios de Petrópolis e São José do Vale do Rio Preto; o CNPJ é 31.168.602/0001-86. A conta, 17.000-3, é do Banco do Brasil. A agência é 2885-1. A transferência pode ser feita também pelo pix 31.168.602/0001-86.

O Sindicato de Petrópolis informa que os valores serão repassados ao Centro de Defesa dos Direitos Humanos da cidade. A diretoria da entidade pede para quem fizer doações informar – através do e-mail sindbancariospetropolis@gmail.com – valor, data, horário e dados da entidade para que possa emitir recibo.

A população da cidade está mobilizada para ajudar as vítimas. Doações locais podem ser enviadas para postos em Petrópolis, entre eles o da Rua Visconde do Bom Retiro, 108, Centro; na Igreja Cristã Maranata e na Rua das Palmeiras, 193, Quarteirão Italiano (Independência).

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

Tragédia de se repete

Grande parte da cidade está sem luz nem água. Inúmeros carros foram abandonados e há ônibus dentro de rios. Não há uma ideia exata do número de desaparecidos. A Prefeitura e o Corpo de Bombeiros informaram na manhã desta quarta-feira (16) que subiu para 44 o número de mortos após a tempestade desta terça-feira (15).

Esta é uma tragédia que se repete, sem que as autoridades tomem medidas para impedir que isto aconteça, apesar de saberem que, nesta época, as chuvas aumentam de intensidade. Obras prometidas de prevenção, como contensão de encostas e construção de casas para a população de áreas de risco em locais seguros nunca se concretizaram.

 

Slide
CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

Uma Resposta

  1. julio cesar bonassa de oliveira

    O que foi a Revolução Iraniana?
    Em 1979 ocorreu a Revolução Fundamentalista do Irã. Até aquele ano, o país era regido pelo Xá Mohammad Reza Pahlevi e vivia uma monarquia pró-ocidenal. Após a revolução, o Irã começou a ser comandado pelo aiatolá Ruhollah Khomeini, que fez com que a nação passasse de uma monarquia a uma república islâmica.

[instagram-feed]
[instagram-feed]