Perigo: Uma nova velha era de novo se aportou por aqui

Por Ivanor Florêncio

Uma nova velha era de novo se aportou por aqui
A intensidade ideológica da velha nova era assusta muito
desmistificando e mostrando claramente uma identidade desconhecida
que morava ao nosso lado e compartilhava dos mesmos medos
num povo que até então era visto como cordial, alegre, pacífico e bondoso
que ao tosco grito se fez coro e despiu das amarras que prendiam seu ódio
esse desvendar possibilitou essa mostra real de identidade de muitos dos nossos
que nem mais tentam escamotear seus pensamentos violentos
a barbárie se esparramou entre nós
indistinta de cor credo idade ou raça
o caos que se instalou é defendido com unhas dentes pentes e impropérios
até parece que o blecaute insano fez foi clarear dentes e grunhidos
isso é tão grave que arrepia
miseráveis com olhos dilatados defendem o opressor
ferozes políticos pomposos com armas na cintura expõem perversidades
poetas e artistas menos ternos fazem coro com o caos
e a nova velha era propõe pintura com vermelha tinta de sangue e dor
e esse artista-poeta meio que triste abraça-te irmão amor e irmão resistência.

Fonte: Facebook

Block

Salve! Você pode apoiar nosso trabalho comprando um produto na nossa Loja Xapuri ou fazendo uma doação de qualquer valor pelo PIX: contato@xapuri.info. Contamos com você!

P.S. Segue nosso WhatsApp: 61 9 99611193, caso você queira falar conosco a qualquer hora, em qualquer dia. GRATIDÃO!

Block

Mais do que uma Revista, um espaço de Resistência. Há seis anos, faça chuva ou faça sol, esperneando daqui, esperneando dacolá, todo santo mês nossa Revista Xapuri  leva informação e esperança para milhares de pessoas no Brasil inteiro. Agora, nesses tempos bicudos de pandemia, precisamos contar com você que nos lê, para seguir imprimindo a Revista Xapuri. VOCÊ PODE NOS AJUDAR COM UMA ASSINATURA?

P.S. Segue nosso WhatsApp: 61 9 99611193, caso você queira falar conosco a qualquer hora, em qualquer dia. GRATIDÃO!

<

p style=”text-align: center;”> 

continua depois da propaganda
continua depois da propaganda