Somos já ou seremos inimigos? É preciso parar, antes que nos enfrentemos como bárbaros.

Por Lucia Resende

O pior desses elementos que chegaram ao poder foi projetarem o que há de pior em e entre nós.  Por ora, vencem a mentira, a intolerância, o ódio, a política de extermínio, a autorização para matar.

“Bandido bom é bandido morto”, diz o presidente. “Mirar na cabecinha e…”, diz o governador que sobrevoa comunidades periféricas num helicóptero de onde policiais atiram a esmo matando inocentes… ou culpados, que seja, como que legitimando o extermínio, imputando pena de morte a “bandidos” pobres, pretos, favelados…  Uma gente que faz tudo isso e se diz cristã…

Uma gente que se incomoda com o amor, com um beijo gay, mas fecha os olhos e emudece diante da morte de crianças como a pequena Ágatha.

Diante das queimadas criminosas que nos tiram já o ar. Diante da venda das nossas riquezas que garantiriam educação e saúde para nossas crianças e jovens. Diante dos ataques à ciência, à história e à cultura…

De repente, quem é contra todo esse absurdo vira inimigo.

Olhamos à nossa volta e já não sabemos se algum/a familiar ou amigo/a nos olha com desamor porque ousamos dizer não a esses facínoras, neofascistas travestidos de “gente de bem”. Somos já ou seremos inimigos?

Já nada sei… apenas que é preciso parar, antes que nos enfrentemos como bárbaros… JÁ!

Fonte: Facebook

continua depois da propaganda

 

Block

Salve! Pra você que chegou até aqui, nossa gratidão! Agradecemos especialmente porque sua parceria fortalece  este nosso veículo de comunicação independente, dedicado a garantir um espaço de Resistência pra quem não tem  vez nem voz neste nosso injusto mundo de diferenças e desigualdades. Você pode apoiar nosso trabalho comprando um produto na nossa Loja Xapuri  ou fazendo uma doação de qualquer valor pelo PIX: contato@xapuri.info. Contamos com você! P.S. Segue nosso WhatsApp: 61 9 99611193, caso você queira falar conosco a qualquer hora, a qualquer dia. GRATIDÃO!

continua depois da propaganda