Por Lucia Resende

O pior desses elementos que chegaram ao poder foi projetarem o que há de pior em e entre nós.  Por ora, vencem a mentira, a intolerância, o ódio, a política de extermínio, a autorização para matar.

“Bandido bom é bandido morto”, diz o presidente. “Mirar na cabecinha e…”, diz o governador que sobrevoa comunidades periféricas num helicóptero de onde policiais atiram a esmo matando inocentes… ou culpados, que seja, como que legitimando o extermínio, imputando pena de morte a “bandidos” pobres, pretos, favelados…  Uma gente que faz tudo isso e se diz cristã…

Uma gente que se incomoda com o amor, com um beijo gay, mas fecha os olhos e emudece diante da morte de crianças como a pequena Ágatha.

Diante das queimadas criminosas que nos tiram já o ar. Diante da venda das nossas riquezas que garantiriam educação e saúde para nossas crianças e jovens. Diante dos ataques à ciência, à história e à cultura…

De repente, quem é contra todo esse absurdo vira inimigo.

Olhamos à nossa volta e já não sabemos se algum/a familiar ou amigo/a nos olha com desamor porque ousamos dizer não a esses facínoras, neofascistas travestidos de “gente de bem”. Somos já ou seremos inimigos?

Já nada sei… apenas que é preciso parar, antes que nos enfrentemos como bárbaros… JÁ!

Fonte: Facebook

 

Salve! Este site é mantido com a venda de nossas camisetas. É também com a venda de camisetas que apoiamos a luta do Comitê Chico Mendes, no Acre, e a do povo indígena Krenak, em Minas Gerais. Ao comprar uma delas, você fortalece um veículo de comunicação independente, você investe na Resistência. Comprando duas, seu frete sai grátis para qualquer lugar do Brasil. Visite nossa Loja Solidária, ou fale conosco via WhatsApp: 61 9 9611 6826.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published.