Ante a marcação do julgamento de Lula, pelo TRF4, para o dia 24 de janeiro, em Porto Alegre, em declaração contundente, José Dirceu de Oliveira e Silva, fundador do PT e ex-ministro do governo Lula, convoca a militância petista e o povo brasileiro para as ruas. 

A hora é de ação não de palavras, transformar a fúria e revolta, a indignação e mesmo o ódio em energia para a luta e para o combate. Todos a Porto Alegre dia 24, o Dia da Revolta. Criar, mobilizar um dois três… milhares de comitês em defesa de Lula. Denunciar, desmascarar e combater a fraude jurídica e o golpe político. Às ruas para ir às urnas e derrotar os inimigos da democracia, da soberania, do povo trabalhador e do Brasil”.

Também condenado em Curitiba e Porto Alegre sem crime e sem provas, Zé Dirceu vem, há tempos, alertando a militância do PT e da esquerda brasileira, sobre a importância da mobilização do povo brasileiro em um grande movimento popular em defesa de Lula.

Com o chamado enfático de Zé Dirceu neste 13 de dezembro, exatamente um dia após a marcação do julgamento de Lula em Porto Alegre exatamente para a data em que se completa um ano da internação final de Marisa Letícia em decorrência de um AVC, a militância do Partido dos Trabalhadores, dos demais partidos e movimentos de esquerda, e da própria sociedade brasileira começam a se movimentar.

Ao mesmo tempo em que militantes começam a organizar Comitês em Defesa de Lula Brasil afora, tuitaços tornam-se mais frequentes e é grande, já, a mobilização para um grande ato de resistência no dia 24 de Janeiro, Dia da Revolta, em Porto Alegre, onde se anunciam as presenças de várias personalidades do Brasil e do Mundo, como os cantores  Bono Vox e Chico Buarque de Holanda.

 

 

Anúncios

Comentários

X
%d blogueiros gostam disto:
preloader