“É pior. Muito pior. Porque veio pelo voto.”

Por Marcelo Abreu

— Você vê algum paralelo disso com o tempo que vocês (artistas) viveram durante a ditadura militar?
Pergunta a grande repórter Sônia Bridi, no Fantástico, para a mais nova imortal da Academia Brasileira de Letras.

Fernanda Montenegro, com a elegância que lhe é peculiar, responde:
—- É pior. Muito pior. Porque veio pelo voto.

Essa mulher, aos 92 anos, é de uma lucidez e inteligência que impressionam.
Bendito o país que, mesmo no meio da sua pior treva, a sua pior escuridão e o seu pior descaminho, ainda tem uma Fernanda. É pelo menos um sinal de esperança. De alguma luz. De algum alento e respiro.

E ela encerra:
— Nós estamos numa hora trágica. Um momento tão pesado. Mas vai passar. Uma hora passa.

Que Deus ouça as tuas palavras, Fernanda. E passe logo. Tá insuportavelmente trágica. Tá insustentável pesado. Tá medonho. Tá cruel. 

Marcelo Abreu – é jornalista.  Um dos mais talentosos, sensíveis e humanos dessa nossa Pátria Mãe Gentil. 


Fernanda Montenegro é o  nome artístico de Arlette Pinheiro Monteiro Torres, atriz e escritora brasileira, nascida em 16 de outubro de 1929 (idade 92 anos), no Rio de Janeiro.  Considerada uma das melhores atrizes brasileiras,  a grande dama do cinema e da dramaturgia do Brasil acaba de ser eleita para a Academia Brasileira de Letras (ABL). 
 
Fonte: Wikipédia

Slide

VISTA NOSSA CAMISA
FORTALEÇA NOSSO PROJETO

DOAÇÃO - PIX: contato@xapuri.info

SEGUE DEPOIS DO ANÚNCIO

SEGUE DEPOIS DO ANÚNCIO