Consciência Negra: História E Resistência

CONSCIÊNCIA NEGRA: HISTÓRIA E RESISTÊNCIA, relato de uma experiência pessoal e um poema de brinde

João Rocha
Nos bancos das escolas, por onde passei, pouco aprendi sobre o escravagismo no Brasil.
A impressão que se tinha, era, que os negros aceitavam passivamente a realidade e não havia resistência.
Aprendi sobre Quilombos e Zumbi dos Palmares, depois de adulto, com Francisco Carlos da Silva, o Chiquinho, já falecido Um jovem Negro, ativista combativo do Movimento Negro de Campinas – SP.
Morávamos na Vila Boa vista, um Núcleo de Casas populares que completou 50 anos de existência, O Chiquinho fazia um importante trabalho relacionado a causa dos negros: reuniões, palestras, exposições e atos públicos.
Conversávamos muito sobre suas ideias, seus projetos e suas inquietações. uma delas a associação das coisas ruim com o negro. Aprendi bastante sobre o referido tema.
Foi nessa época que me inspirei e escrevi o seguinte:
ABOLIÇÃO
Romperam-se os grilhões
Ficaram amarras
Ficaram tormentos.
Ficou o açoite.
Chicote que estala
Quando se fala
Negro dia, negra sorte e negra noite.
Valeu, Chiquinho.

Slide

VISTA NOSSA CAMISA
FORTALEÇA NOSSO PROJETO

DOAÇÃO - PIX: contato@xapuri.info

Block

Salve! Pra você que chegou até aqui, nossa gratidão! Agradecemos especialmente porque sua parceria fortalece  este nosso veículo de comunicação independente, dedicado a garantir um espaço de Resistência pra quem não tem  vez nem voz neste nosso injusto mundo de diferenças e desigualdades. Você pode apoiar nosso trabalho comprando um produto na nossa Loja Xapuri  ou fazendo uma doação de qualquer valor pelo PIX: contato@xapuri.info. Contamos com você! P.S. Segue nosso WhatsApp: 61 9 99611193, caso você queira falar conosco a qualquer hora, a qualquer dia. GRATIDÃO!

 

continua depois da propaganda