Ontem é hoje e amanhã

Ontem pensei que hoje seria o amanhã.

Ainda não aconteceu.

A verdade da mentira segue oficial.

Por Pedro César Batista

Assassinos históricos,
Torturadores impunes,
Escravocratas sem pudor,
Louvam em púlpitos,
Falam em nome da liberdade,
Deuses e seus milionários ganhos.

Ainda acredito no ontem.

Zumbi ousou fazer um novo Estado,
Dar dignidade ao seu povo.
Babeuf foi fuzilado propagando o hoje,
Que ontem Lenin mostrou ao mundo.

Dezenas de homens públicos,
Assassinaram Marighella em uma tocaia,
Apenas por lutar pela utopia.
Olga deixou Anita,
Prestes venceu todas as batalhas,
A mais longa marcha,
Que segue espalhando horizonte.

Acredito em exemplos.
Discursos precisam corresponder aos atos.
Fora disso,
Basta a demagogia burguesa.

SEGUE DEPOIS DO ANÚNCIO

Acredito em abraços fortes,
Olhares brilhantes,
Corações pulsantes.

Pátria ou morte,
Fidel e Che seguem ensinando.

Amanhã não será de três caras,
Nem da dor da fome ou falta de teto.

Amanhã faremos outro mundo,
Somos este jeito de fazer,
Somos ação por pão e amor.
Germinar o amanhã
Como saborear um beijo,
Festejar o povo na rua,
Consciente e organizado,
Disposto a vencer a morte.

Nada de sorte,
Semeadura e colheita.
Acredito que o ontem colherá o amanhã.
Hoje é ontem e amanhã.

Slide

VISTA NOSSA CAMISA
FORTALEÇA NOSSO PROJETO

DOAÇÃO - PIX: contato@xapuri.info

SEGUE DEPOIS DO ANÚNCIO

Comentários