Internado por covid-19 no MT, cacique Raoni tem quadro estável

Aos 89 anos, líder indígena havia sido internado no mês passado por problemas intestinais

Por Redação/Brasil de Fato

O líder da etnia Kayapó, cacique Raoni Metuktire, de 89 anos, foi internado, nesta segunda-feira (31), no Hospital Dois Pinheiros, município de Sinop, a 503 quilômetros de Cuiabá, no Mato Grosso, por estar com covid-19.

Em nota divulgada nas redes sociais, o Instituto Raoni afirmou que inicialmente foram constatadas alterações na taxa de leucócitos no sangue e sintomas de pneumonia. Com os testes de tomografia computadorizada e sorologia, foi confirmada a infecção pelo novo coronavírus.

Até a manhã desta segunda-feira, o Instituto havia informado que o quadro de saúde do cacique estava estável, sem febre e respirando normalmente. Caso a situação permaneça desta maneira, Raoni terá alta em breve. Ainda assim, a idade do cacique inspira cuidados, fazendo com que continue recebendo assistência médica até estar totalmente recuperado — há pouco mais de um mês, o cacique recebeu alta hospitalar depois de ficar nove dias internado para tratar de infecções intestinais.

Também em nota, a organização afirmou que a covid-19 vem se alastrando na Terra Indígena Capoto Jarina, morada do cacique Raoni, “colocando em risco a vida de centenas de indígenas”. Até o momento, são duas mortes e 114 casos confirmados do novo coronavírus na região, de acordo com o Distrito Sanitário Especial Indígena Kayapó do Mato Grosso.

Edição: Rodrigo Durão Coelho

Fonte: Brasil de Fato

Salve! Este site é mantido com a venda de nossas camisetas. É também com a venda de camisetas que apoiamos a luta do Comitê Chico Mendes, no Acre, e a do povo indígena Krenak, em Minas Gerais. Ao comprar uma delas, você fortalece um veículo de comunicação independente, você investe na Resistência. Comprando duas, seu frete sai grátis para qualquer lugar do Brasil. Visite nossa Loja Solidária, ou fale conosco via WhatsApp: 61 9 99611193.

Comentários

%d blogueiros gostam disto: