OMS, atacada por Bolsonaro, prioriza ajudar América do Sul durante a pandemia

A organização enviará para a região cerca de 24,7 milhões de equipamentos de proteção individual, 25 milhões de máscaras médicas e mais de 420 mil respiradores no momento em que o Brasil lidera o número de casos e mortos no continente

247 – A Organização Mundial de Saúde (OMS) colocou a América do Sul, novo epicentro da pandemia do novo coronavírus, como prioridade na ação contra a crise. A organização anunciou o envio de milhões de equipamentos para os governos da região.

“Com a América do Sul e o Caribe emergindo como novos centros da pandemia COVID-19, a OMS está priorizando o envio de um enorme volume de equipamentos de proteção individual (6 000 m3) para seu Escritório Regional para as Américas para distribuição”, indicou o boletim diário da OMS.

De acordo com coluna da Jamil Chade no Uol, a organização enviará para a região cerca de 24,7 milhões de equipamentos de proteção individual, 25 milhões de máscaras médicas e mais de 420 mil respiradores doados pela Fundação Jack Ma.

A ajuda da OMS acontece no momento em que o Brasil lidera o número de casos e de mortes por Covid-19 no continente e logo depois de o presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, fazer ataques públicos à Organização. “A tal da OMS disse que assintomático não transmite, depois voltou atrás. Parece que tem algo mais por trás disso, que querem quebrar os países”, disse Bolsonaro. Ele ainda falou que o órgão age como “partido político” e o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, defendeu que ele seja investigado até o fim da pandemia.

Fonte: Brasil 247

Salve! Este site é mantido com a venda de nossas camisetas. É também com a venda de camisetas que apoiamos a luta do Comitê Chico Mendes, no Acre, e a do povo indígena Krenak, em Minas Gerais. Ao comprar uma delas, você fortalece um veículo de comunicação independente, você investe na Resistência. Comprando duas, seu frete sai grátis para qualquer lugar do Brasil. Visite nossa Loja Solidária, ou fale conosco via WhatsApp: 61 9 99611193

Comentários

%d blogueiros gostam disto: