247 – Jair Bolsonaro voltou a participar de uma aglomeração na tarde deste sábado 18, ao conversar com apoiadores em frente à rampa do Palácio do Planalto, onde esperava chegar uma carreata com o tema “saia de casa”, em defesa da reabertura do comércio.

Em sua fala, Bolsonaro voltou a criticar a quarentena e disse que 70% da população vai ser infectada pelo coronavírus. “70% vão pegar, não tem como. Se não for hoje, vai ser semana que vem, mês que vem”, disse.

“Não vamos nos acovardar”, ressaltou, defendendo a volta do funcionamento da economia. “Não depende de mim abrir o comércio. Se dependesse de mim, muito mais coisa estaria funcionando”, alfinetou, em direção aos governadores.

Voltando a dizer que os brasileiros “têm que trabalhar”, declarou que “quanto mais desemprego, mais violência. Todos sofrem por isso”.

Falou também que não irá nomear os políticos que querem derrubá-lo – e que ele não dirá quem são. Mas assegurou: “não vão me tirar daqui”.

Voltando a dizer que os brasileiros “têm que trabalhar”, declarou que “quanto mais desemprego, mais violência. Todos sofrem por isso”.

Falou também que não irá nomear os políticos que querem derrubá-lo – e que ele não dirá quem são. Mas assegurou: “não vão me tirar daqui”.

Fonte: Brasil 247

 

Salve! Este site é mantido com a venda de nossas camisetas. É também com a venda de camisetas que apoiamos a luta do Comitê Chico Mendes, no Acre, e a do povo indígena Krenak, em Minas Gerais. Ao comprar uma delas, você fortalece um veículo de comunicação independente, você investe na Resistência. Comprando duas, seu frete sai grátis para qualquer lugar do Brasil. Visite nossa Loja Solidária, ou fale conosco via WhatsApp: 61 9 9961 1193.

 

Comentários

%d blogueiros gostam disto: