Nicolelis: “As fake news agora estão matando gente. Não estão só ganhando eleições”

Por Plinio Teodoro

“Nós temos uma batalha da informação, do pandemônio contra a pandemia. E a batalha da informação talvez seja tão importante quanto a batalha sanitária”, disse o cientista em entrevista ao Fórum Onze e Meia

Em entrevista a Renato Rovai e Dri de Lorenzo, no Fórum Onze e Meia desta sexta-feira (1º), o médico e cientista Miguel Nicolelis disse que paralela à batalha sanitária travada contra a Covid-19, há uma batalha tão importante quanto no campo da informação, referindo-se às fake news propagadas por grupos e pessoas, que no Brasil estão fortemente ligadas ao presidente, Jair Bolsonaro.

“Nós temos uma batalha da informação, do pandemônio contra a pandemia. E a batalha da informação talvez seja tão importante quanto a batalha sanitária”, disse o cientista, citando como exemplo a declaração de Donald Trump sobre uso de água sanitária no combater ao coronavírus. “Em Maryland, 100 pessoas tomaram”.

“Agora as fake news estão matando gente, estão matando milhares de pessoas. Porque estão propagando coisas que são completamente absurdas”, afirmou, ressaltando que “o mundo das fake news agora está matando gente, não está só ganhando eleição, levando o mundo para o cataclisma econômico”, afirmou o cientista, citando como exemplo a saída da Inglaterra da União Europeia.

“Veja o Brexit, o que fez com a Inglaterra. A Inglaterra deu um tiro na cabeça baseada na mesma coisa que fez o inominável aqui ganhar a eleição”.

Salve! Este site é mantido com a venda de nossas camisetas. É também com a venda de camisetas que apoiamos a luta do Comitê Chico Mendes, no Acre, e a do povo indígena Krenak, em Minas Gerais. Ao comprar uma delas, você fortalece um veículo de comunicação independente, você investe na Resistência. Comprando duas, seu frete sai grátis para qualquer lugar do Brasil. Visite nossa Loja Solidária, ou fale conosco via WhatsApp: 61 9 99611193

Comentários

%d blogueiros gostam disto: