fbpx

Abayomi, boneca-símbolo de orgulho e resistência negra

A palavra abayomi tem origem iorubá e significa “encontro precioso”

Por: Lunetas

Através das bonecas Abayomis busca-se o fortalecimento e o reconhecimento da identidade afro-brasileira, além disto, permite à criança ou adolescente construir o seu próprio objeto estimulando a fantasia.

Para acalentar seus filhos durante as terríveis viagens a bordo dos tumbeiros – navio de pequeno porte que realizava o transporte de escravos entre África e Brasil – as mães africanas rasgavam retalhos de suas saias e a partir deles criavam pequenas bonecas, feitas de tranças ou nós, que serviam como amuleto de proteção.

Slide 1

VISTA NOSSA CAMISA
FORTALEÇA NOSSO PROJETO

DOAÇÃO - PIX: contato@xapuri.info

 

 

As bonecas, símbolo de resistência, ficaram conhecidas como Abayomi, termo que significa ‘Encontro precioso’, em Iorubá, uma das maiores etnias do continente africano cuja população habita parte da Nigéria, Benin, Togo e Costa do Marfim.

Ela se tornou comum na arte popular brasileira a partir do movimento de mulheres negras do Maranhão, tendo sido criada por Waldilena Martins ou Lena Martins que buscava na arte popular um instrumento de conscientização e socialização. As bonecas Abayomis são negras feitas de sobras de tecido que são amarrados resgatando a forma mais singela do fazer artesanal, sem uso de costuras e o mínimo de ferramentas.

Fonte: Lunetas

Anúncios
Slide

QUANTO MAIS CONHECIMENTO, MAIS JUSTO O MUNDO

CONTRIBUA COM NOSSO PROJETO
PIX: contato@xapuri.info


Anúncios