A lenda do Lago Ipavu: o lago do pombo que bebeu muita erva – No lago Ipavu existem muitas coisas: estátuas antigas com desenhos dos animais, aves, peixes e homens. No lago existem muitos peixes como tucunaré, pacu, piau, lambari, pintado, piranha.

O lago, usamos para atravessar até o outro lado, para irmos pra roça, para pescar, para irmos a Porto Jacaré ou a outras aldeias. À direita e à esquerda do lago Ipavu existem dois córregos, com a água caindo dentro do lago (…)

O lago Ipavu é muito grande. Segundo a lenda dos avós, dizem que um rapaz estava recluso, estava tomando uma erva sagrada para ficar forte e ser grande lutador.

Diz a lenda que o rapaz tinha um pombo de estimação e que quando o rapaz estava tomando a erva, dizem que seu pombo veio sentar-se na beira da panela de barro, sem ser percebido pelo dono.

O pombo tomou toda a erva da panela, só quando estava no fim é que o dono percebeu e botou o pombo pra fora.

Esse pombo levantou voo, foi bem alto, e de lá vomitou toda a erva que estava no seu papo e encheu toda a aldeia.  O pombo vomitou toda a erva formando o grande lago.

Junto com a erva, o pombo soltou muitos bichos bravos nas águas, fazendo com que os bichos comessem todo o pessoal da aldeia, até o seu próprio dono.

Segundo os mais velhos, até há pouco tempo existiam muitos bichos ainda (…) Dizem que era muito perigoso andar nesse lago, mas agora os bichos se esconderam. Mas de vez em quando atacam a gente…


NOTA DA REDAÇÃO: ATÉ O MOMENNTO, NOS TEM SIDO IMPOSSÍVEL LOCALIZAR A FONTE DESTA LENDA. CASO ALGUÉM SAIBA, POR GENTILEZA NOS INFORMAR PARA OS DEVIDOS CRÉDITOS.


IMPORTANTE: AÍ ABAIXO VOCÊ ENCONTRA O LINK PARA COMPRAR O E-BOOK RÉQUIEM PARA O CERRADO.  AJUDA NÓIS! 


Salve! Pra você que chegou até aqui, nossa gratidão! Agradecemos especialmente porque sua parceria fortalece  este nosso veículo de comunicação independente, dedicado a garantir um espaço de Resistência pra quem não tem  vez nem voz neste nosso injusto mundo de diferenças e desigualdades. Você pode apoiar nosso trabalho comprando um produto na nossa Loja Xapuri  ou fazendo uma doação de qualquer valor pelo PIX: contato@xapuri.info. Contamos com você! P.S. Segue nosso WhatsApp: 61 9 99611193, caso você queira falar conosco a qualquer hora, a qualquer dia. GRATIDÃO!


Réquiem para o Cerrado – O Simbólico e o Real na Terra das Plantas Tortas

Uma linda e singela história do Cerrado. Em comovente narrativa, o professor Altair Sales nos leva à vida simples e feliz  no “jardim das plantas tortas” de um pacato  povoado  cerratense, interrompida pela devastação do Cerrado nesses tempos cruéis que nos toca viver nos dias de hoje. 

COMPRE AQUI

Comentários