Após receber o prestigio de mais de 1500 expectadores, o Sarau Poesias do Cárcere retorna em única apresentação no Teatro dos Bancários em Brasília, com a missão de recordar o passado, e para fortalecer o desejo por mudanças.
 
Com poemas concebidos no cárcere, motivados pela brutal vivência de seus autores, que trazem à tona uma verdade nua encoberta por décadas, ainda hoje carregada de tabus e preconceito, o Sarau “Poesias do Cárcere” lança mão do teatro e da música para retratar os bastidores de um tempo sombrio e ignorado por muitos, mas impregnado no corpo, na alma e na memória daqueles que ousaram enfrentar o poder em uma época onde era mais fácil calar-se.
Sinopse:
Inspirado na obra dos poetas e ex presos políticos Alex Polari e Pedro Tierra e com trilha sonora de Chico Buarque, Raul Seixas, Taiguara e Legião Urbana, o espetáculo narra experiências traumáticas de quem ousou desafiar a ditadura Militar em nome da democracia. Sem focar em sentimentos de ódio ou vingança, o Sarau resgata valores perdidos, calados e violados pela repressão que tornou obscuros os anos da ditadura e ecoa até os dias atuais. Três atores , oito músicos e uma bailarina, dividem o palco garantindo um espetáculo emocionante.
Serviço:
Local – Teatro dos Bancários – Entre-Quadra 514/515 Sul, Brasília
Data – 1 de abril de 2017
Horário – 21:00
Classificação – 10 anos
Ingressos – R$30,00 (inteira) e R$15,00 (meia entrada)
Antecipados na bilheteria do teatro das 14 às 20h de segunda a sexta.
Ficha Técnica:
Direção e Roteiro – Silvia Viana
Produção Musical – Katia Marthes
Atores – Adilson Diaz, Marcelo Lucchesi e Silvia Paes
Músicos:
Bruno Matos – Violão
Carlos Vidal – Cavaquinho e Violão
Eduardo Bento – Percussão
Leandro Barcelos – Flauta e Sax
Lucas Sávio – Vocal
Marcos Reis – Violino e Piano Clássico
Myrlla Muniz – Vocal
Welington Assunção – Teclado
Bailarina – Aline Araújo
Iluminação – Pablo Rodrigues
Fotografia – Guina Ferraz
Apoio – Teatro dos Bancários
Realização – Grupo NADA
poesias do cárcere

Comentários