Oração de Aninha

Cora Coralina

Pela manhã, abre a janela de tua casa
e faze a Prece da Gratidão.
Levanta teu coração para o Alto!
É a hora solene da oração.
Procura reter contigo
o amanhecer de um novo dia
antes que a rotina da vida
disperse o teu recolhimento.
Segue esta pequena trajetória.
Segue esta pequena jaculatória.

Senhor, Sois a Luz da minha vida.
Que eu sinta a vossa presença
na água da minha sede,
e na paz da minha casa.
“Quem chama por Deus
não cansa nunca”
e Ele se fará presente.
Muito pedimos e pouco agradecemos.
Sentimento raro de se encontrar no coração
humano: Gratidão.
Muitos se ufanam:
“Não devo nada a ninguém”.
Engano: devemos muito a todos.
Devemos, particularmente, a nossos vizinhos
a felicidade da boa vizinhança.
Em regra, aquele que acredita nada dever a alguém,
também, nada faz por ninguém.
E o egoísta: macula
os bens da vida, a alegria de viver.

Já a linguagem dos humildes:
“Abaixo de Deus devo tudo o que tenho
a fulano”. É sempre este o homem
solidário, feito para ajudar
e com ele está a benevolência,
capacidade de servir, e a paz social,
O Espírito de Deus está na sua casa
E sua tulha estará sempre derramando.

In: CORALINA, Cora. Vintém de cobre: meias confissões de Aninha. 4. ed. Goiânia: Ed. da Universidade Federal de Goiás, 198

Cora Coralina é o pseudônimo de Ana Lins dos Guimarães Peixoto Bretas, (Cidade de Goiás, 20 de agosto de 1889 — Goiânia, 10 de abril de 1985).
Foi poetisa e contista brasileira. Considerada uma das principais escritoras brasileiras, ela teve seu primeiro livro publicado em junho de 1965 (Poemas dos Becos de Goiás e Estórias Mais), quando já tinha quase 76 anos de idade.
Mulher simples, doceira de profissão, tendo vivido longe dos grandes centros urbanos, alheia a modismos literários, produziu uma obra poética rica em motivos do cotidiano do interior brasileiro, em particular dos becos e ruas históricas de Goiás.

Salve! Este site é mantido com a venda de nossas camisetas. É também com a venda de camisetas que apoiamos a luta do Comitê Chico Mendes, no Acre, e a do povo indígena Krenak, em Minas Gerais. Ao comprar uma delas, você fortalece um veículo de comunicação independente, você investe na Resistência. Comprando duas, seu frete sai grátis para qualquer lugar do Brasil. Visite nossa Loja Solidária, ou fale conosco via WhatsApp: 61 9 9611 6826.

Comentários

%d blogueiros gostam disto: