Aninha e Suas Pedras – “E viverás no coração dos jovens/e na memória das gerações que hão de vir./
Esta fonte é para uso de todos os sedentos./Toma a tua parte./Vem a estas páginas/e não entraves seu uso/
aos que têm sede.”

Por Cora Coralina

Não te deixes destruir…
Ajuntando novas pedras
e construindo novos poemas.
Recria tua vida, sempre, sempre.
Remove pedras e planta roseiras e faz doces. Recomeça.
Faz de tua vida mesquinha
um poema.
E viverás no coração dos jovens
e na memória das gerações que hão de vir.
Esta fonte é para uso de todos os sedentos.
Toma a tua parte.
Vem a estas páginas
e não entraves seu uso
aos que têm sede.

Fonte: Cultura Genial

Ana Guimarães Peixoto Bretas, Cora Coralina, poeta goiana, escreveu sobre os “Becos de Goiás e outras histórias mais”, traduzinho em poesia sua história de vida, seu cotidiano provinciano e pleno de pequenas esperanças na antiga capital do estado de Goiás. Dentre outras muitas homenagens, a poeta da terra goiana recebeu em vida o carinho do poeta Carlos Drummond de Andrade. Sua “Casa Velha da Ponte”, branca de janelas verdes, continua aberta a quem visita Goiás Velho.


Salve! Pra você que chegou até aqui, nossa gratidão! Agradecemos especialmente porque sua parceria fortalece este nosso veículo de comunicação independente, dedicado a garantir um espaço de Resistência pra quem não tem vez nem voz neste nosso injusto mundo de diferenças e desigualdades. Você pode apoiar nosso trabalho comprando um produto na nossa Loja Xapuri ou fazendo uma doação de qualquer valor pelo PIX: contato@xapuri.info. Contamos com você! P.S. Segue nosso WhatsApp: 61 9 99611193, caso você queira falar conosco a qualquer hora, a qualquer dia. GRATIDÃO!


E-Book Caminhando na Floresta

Um livro imperdível sobre a experiência do autor na convivência com os seringueiros do Vale do Acre nos tempos de Chico Mendes.

COMPRE AQUI

Comentários

%d blogueiros gostam disto: