Em um sereno

Por Bernardo Élis 

Senhores, não sou de barro

E muito menos de ferro!

Sou homem, por isso erro,

E muitas vezes me desgarro.

 

Mas vendo um vate o pigarro

Sacudir e o verbo perro

Soltar à gente num berro,

Era um sarau tão bizarro,

continua depois da propaganda

 

Perco a cabeça e me embirro

Com tale poeta cachorro,

Dizendo versos de enxurro…

 

Para fugir-lhe, tusso, espirro

Chamo a polícia em socorro

continua depois da propaganda

e __ mando prender o burro!

Bernaro Élis, escritor goiano,  Poema registrado por Jaime Sautchuk, editor da Revista Xapuri, em seu livro “O Causo eu conto – Sobre Bernardo Élis e o Brasil Central“. Editora Geração, 2018. 

Block

Salve! Você pode apoiar nosso trabalho comprando um produto na nossa Loja Xapuri ou fazendo uma doação de qualquer valor pelo PIX: contato@xapuri.info. Contamos com você!

P.S. Segue nosso WhatsApp: 61 9 99611193, caso você queira falar conosco a qualquer hora, em qualquer dia. GRATIDÃO!

Block

Mais do que uma Revista, um espaço de Resistência. Há seis anos, faça chuva ou faça sol, esperneando daqui, esperneando dacolá, todo santo mês nossa Revista Xapuri  leva informação e esperança para milhares de pessoas no Brasil inteiro. Agora, nesses tempos bicudos de pandemia, precisamos contar com você que nos lê, para seguir imprimindo a Revista Xapuri. VOCÊ PODE NOS AJUDAR COM UMA ASSINATURA?

continua depois da propaganda

P.S. Segue nosso WhatsApp: 61 9 99611193, caso você queira falar conosco a qualquer hora, em qualquer dia. GRATIDÃO!

continua depois da propaganda