Eu sou uma mulher de luz
Eu sou uma mulher da Lua
Eu sou uma mulher estrela do amanhã
Eu sou uma mulher da madrugada
Eu sou o Espírito mulher
Eu sou uma mulher a serviço
a que olha o interior das coisas
Eu sou uma mulher que pode entrar e sair do reino da morte
a que vive no fundo da água, na terra e na margem
Eu sou sou uma mulher que brota
Eu sou uma mulher que pode ser rasgada
Eu sou todas as mulheres em mim que tecem
e de novo sou costurada na mais bela e quente colcha de retalhos
Eu sou uma mulher que aquece
Eu sou uma mulher que cura
a que desperta as ervas
a que prepara caldos
a que entoa rezo de poder entre os lábios
Eu sou uma mulher que sussurra
Eu sou uma mulher do vento
Eu sou uma mulher que cria, gesta e nutre
Eu sou uma mulher que faz nascer
a que uiva para a vida com devoção
Eu sou uma mulher de luz
eu sou uma mulher da Lua
eu sou uma mulher estrela do amanhã
eu sou uma mulher da madrugada
eu sou o Espírito mulher.

Salve! Este site é mantido com a venda de nossos produtos. É também com a venda deles que apoiamos a luta do Comitê Chico Mendes, no Acre, e a do povo indígena Krenak, em Minas Gerais. Ao comprar nosso e-book Réquiem para o Cerrado, ou assinar nossa revista Xapuri, você fortalece um veículo de comunicação independente, você investe na Resistência.  Importante: Nossa Loja Solidária está em manutenção e volta em breve, com lindas camisetas e mais novidades. Até lá, precisando de algo, por favor fale conosco via WhatsApp: 61 9 99611193.

Comentários

%d blogueiros gostam disto: