Por Iêda Vilas-Bôas

Meu amor

Não quer saber

De crises governamentais

Da instabilidade do poder

Da (in)governabilidade

De sonhos interrompidos

Decisões majoritárias

Da Democracia

E dos que não viveram

Não estudaram

E nem ouviram

Falar dos porões

 

Meu amor

Não quer saber

Da crise da água

De esquerda

De direita

De futebol ou samba

Meu amor não quer saber

se a gasolina dispara

se o povo se desespera

 

Meu amor

Só quer saber

De estremecer

O meu mundo

De abalar meu coração.

 

Meu amor

Só quer saber de chamego

De intimidades

Dos riscos

Que corre o amor.

Meu amor

Só quer saber de amar!

Iêda Vilas-Bôas – Escritora. Presidenta da Academia de Letras e Artes do Nordeste Goiano – ALANEG.  Iêda é também estudiosa da vida e obra de Cora Coralina. 

Salve! Este site é mantido com a venda de nossas camisetas. É também com a venda de camisetas que apoiamos a luta do Comitê Chico Mendes, no Acre, e a do povo indígena Krenak, em Minas Gerais. Ao comprar uma delas, você fortalece um veículo de comunicação independente, você investe na Resistência. Comprando duas, seu frete sai grátis para qualquer lugar do Brasil. Visite nossa Loja Solidária, ou fale conosco via WhatsApp: 61 9 9961 1193.

Comentários

%d blogueiros gostam disto: