O poço encantado de Narcisa é um poema-homenagem dedicado à escritora Narcisa Cordeiro. A ilustração é tela pintada por Sanatan e se refere ao mesmo ambiente que originou o poema.

Por Elizabeth Abreu Caldeira Brito

Narciso de seu encanto,
de sua beleza e importância,
seus raios de luz transbordam
limpidez em abundância.

Aconchega em seu abraço
o esplendor  e a fluidez
puros e transparentes
de franquia e nitidez.

O poço sabe a beleza
dos gestos que contém.
Qual útero é a nascente
do milagre (da vida)
que provém.

Sua pureza alimenta os rios
na foz de seus fluxos.
Há de ofertar alento e ar
àqueles que vagam ao mar.

As sombras humanas se acercam
no refúgio de plantas e peixes.
E plantam nos olhos incertos
a delícia do sublime em feixes.

Buscam no singular refúgio
a miragem difusa e alva
na viagem possível,
ao enlevo da alma.

E encontram
o sonho almejado
e a paz perdida,
no Poço Encantado
de Narcisa.

Elizabeth Abreu Caldeira Brito – escritora, poeta, membro da Academia Feminina de Letras de Goiás, Membro da IHGB-Goiânia e membro da ALANEG – RIDE.

 

 E-Book Caminhando na Floresta

Um livro imperdível sobre a experiencia do autor na convivência com os seringueiros do Vale do Acre nos tempos de Chico Mendes.

COMPRE AQUI

Salve! Pra você que chegou até aqui, nossa gratidão! Agradecemos especialmente porque sua parceria fortalece  este nosso veículo de comunicação independente, dedicado a garantir um espaço de Resistência pra quem não tem  vez nem voz neste nosso injusto mundo de diferenças e desigualdades. Você pode apoiar nosso trabalho comprando um produto na nossa Loja Xapuri  ou fazendo uma doação de qualquer valor pelo PIX: contato@xapuri.info. Contamos com você! P.S. Segue nosso WhatsApp: 61 9 99611193, caso você queira falar conosco a qualquer hora, a qualquer dia. GRATIDÃO!

continua depois da propaganda

 

continua depois da propaganda