Prece pelo brasileiro

Por Gisele Gama Andrade

Que voltemos a falar de amor.
Que nos alimentemos do olhar no fundo dos olhos que só nós sabemos ter.
Aquele olhar que abraça e faz transpirar calor,
embaraçando os gringos de qualquer raça, qualquer cor.

Que cantarolemos música num batuque de colher,
ou de caixa de fósforo, de balde, o que der.
Que sejamos irreverência e inteligência,
cultura, samba no pé.

Que pratiquemos a solidariedade.
Aquela que chora com a dor do outro, que se importa, que sempre ajuda como puder.

Que sejamos fé. Aquela que lava a escada da igreja do Pelô vestida de baiana e acredita no que quiser.

Que passeemos nus no Carnaval, na praia, e que isso seja garantido, haja o que houver.

Que tenhamos liberdade de viver. Do jeito que a gente é.

Que o vírus da falta de empatia, da covardia, da indiferença, da pieguice, da maldade, da ganância e do egoísmo pare de nos adoecer.
Porque somos todos irmãos.
Precisamos ver.

Cuida de nós, Senhor.
Volte a nos proteger.
Amém.

Fonte: Facebook

Salve! Este site é mantido com a venda de nossas camisetas. É também com a venda de camisetas que apoiamos a luta do Comitê Chico Mendes, no Acre, e a do povo indígena Krenak, em Minas Gerais. Ao comprar uma delas, você fortalece um veículo de comunicação independente, você investe na Resistência. Comprando duas, seu frete sai grátis para qualquer lugar do Brasil. Visite nossa Loja Solidária, ou fale conosco via WhatsApp: 61 9 99611193.

 

Anúncios

Comentários